Lirismo duvidoso - por Eliane Reis

Lirismo duvidoso - por Eliane Reis

Lirismo duvidoso

 

Às vezes, é preciso coragem
Embora pareça fraqueza
Abrir mão da felicidade
(Mas o que isso é exatamente?)
E sangrar com sutileza
Não é covardia, 
Ainda que pareça loucura
A decisão não acertada
(O que é certo ou errado?)
De permitir momentos de "tortura"
Felicidade tem preço alto, 
Nem sempre é gratuita
(Ainda mais quando inacessível)
Cobra da alma e da gente
Uma quantia nem sempre justa
Pagar por ela pode ser eficaz
Mas, muitas vezes, isso
De uma forma frequente 
Rouba- nos a paz!
Fica sob a mesa, então,
Aquela marca imortal de ilusão
É o valor da tal felicidade
(Tecida com detalhes e pormenores)
Que se envaidece no amor
Se enfeita na amizade
E se desmistifica na realidade
(O desfecho diverso das ficções)
Quanto custa, afinal,
Essa tal felicidade? 
E. R

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor