Luana Helena Ribeiro - Entrevistada

Luana Helena Ribeiro - Entrevistada

por Shirley M. Cavalcante

 

Luana Helena Ribeiro nasceu em dezembro de 1991, na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo. Água de Sereia é o seu primeiro livro, lançado em 2013.

Iniciou-se no mundo da leitura aos cinco anos, preferindo, desde então, os livros aos outros brinquedos. A inquietude criada pelas histórias que ouviu já a fez ser atriz, professora e, por fim, escritora.

A autora gosta de contar histórias e também de ouvi-las. Acredita no poder da palavra, principalmente daquela que toca o coração e faz os olhos brilharem.

Acredita também que questionar é viver, pois a vida nada mais é do que um bom emaranhado de perguntas. 

“É preciso capacitar melhor os professores, bibliotecários, agentes e, principalmente, os pais. É preciso ouvir os leitores, principalmente as crianças e jovens. Penso que o principal incentivo deve vir de casa.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritora Luana Helena, é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor. Seu gosto por livros vem desde a infância.  Conte-nos o que a motivou a escrever para o público infantil.

Luana Helena - Muito obrigada, Shirley. É um prazer poder conversar com você e todos os leitores que leem esta entrevista. 

Quando escrevi o Água de Sereia, dava aulas de inglês para crianças e  estava imersa no universo infantil. Acredito que a convivência com elas nos faz questionar mais o mundo e enxergar coisas que antes não via. Assim, notei que a oferta de livros estava muito voltada para a questão pedagógica, esquecendo da emoção e sensibilidade do pequeno leitor. Sempre gostei muito daquelas histórias escritas para crianças que também fazem os adultos pensarem e escrevi pensando em passar valores e emoções que transcendem o conceito de idade.

 

SMC - Quais temas você aborda em seu livro “Água de Sereia”?

Luana Helena - -O livro aborda o carinho e o diálogo familiar, no caso, entre o Tiago e a avó Nadi. Trago também a imaginação, a fantasia e a poesia das coisas simples que têm sido deixadas de lado na vida corrida que estamos levando.

 

SMC - Você escreve em outros gêneros além da Literatura infantil?

Luana Helena - -Sim. Escrevo poesia e contos.

 

SMC - Onde podemos comprar o seu livro?

Luana Helena - O Água de Sereia pode ser adquirido de duas maneiras. Pessoalmente, para os leitores que moram em São José dos Campos/ Jacareí, e via Correio, realizando a encomenda na LikeStore da fan Page no Facebook.

Os leitores podem entrar em contato para tirar suas dúvidas através do e-mail: aguadesereia@gmail.com

 

SMC - Pensas em publicar um novo livro?

Luana Helena - Sim! Inclusive, participo de um projeto chamado Café com Escrita, que reúne textos meus e de mais cinco autores. A antologia será publicada ainda este ano. 

Tenho outras histórias infantis escritas, sendo duas delas continuações das aventuras de Tiago. Pretendo lançar o próximo livro infantil ainda neste ano.

Estou trabalhando também em uma compilação dos contos e poesias já escritos por mim. Até o fim de 2014 ele estará pronto para ser publicado.

Além destes citados, iniciei um projeto, no qual sou coautora, sobre histórias de pessoas inspiradoras.

Os leitores podem esperar grandes novidades para os próximos meses.

 

SMC - Qual a mensagem que você quer transmitir aos seus leitores através de seus textos literários?

Luana Helena - Esta é uma pergunta muito boa! Quero mostrar a força do sonho, da poesia e, sobretudo, da leitura na vida das pessoas. Sem poesia e sonho vivemos uma vida sem graça, onde as dificuldades parecem maiores ainda. A leitura é o gesto concreto para se chegar e também concretizar estas mensagens.

 

SMC - Quais os seus principais hobbies?

Luana Helena - Minhas principais influências na literatura infantil são autores brasileiros, como Ana Maria Machado, Pedro Bandeira, Ziraldo e Monteiro Lobato. Minhas referências para os contos são Lygia Fagundes Telles e Machado de Assis. Na poesia, Vinícius de Moraes, Manoel de Barros e Carlos Drummond de Andrade.

 

SMC - Como você vê as políticas de incentivo a leitura no Brasil?

Luana Helena - Vejo que há bastante coisa sendo feita, mas não é o suficiente e, muitas vezes, tem sido ineficiente. É preciso capacitar melhor os professores, bibliotecários, agentes e, principalmente, os pais. É preciso ouvir os leitores, principalmente as crianças e jovens. Penso que o principal incentivo deve vir de casa. É muito importante que os pais cultivem esse momento de amor e carinho que é a leitura.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário no Brasil?

Luana Helena - Maior abertura para novos autores por parte das iniciativas governamentais. Vemos que o incentivo para quem está começando agora vem muito da iniciativa privada e muito pouco dos órgãos públicos.

Penso também que o acesso a feiras de livros e bienais deve ser menos burocrático. Se o autor não está inserido em um grupo que participa destas organizações, ele não consegue expor seu trabalho e, muitas vezes, não fica nem mesmo sabendo do evento. Neste ponto, creio que é necessário maior divulgação e abertura.  

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, foi muito bom conhecer melhor a Escritora Luana Helena Ribeiro. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Luana Helena - Gostaria de dizer aos nossos leitores que se deixem envolver pelo poder transformador da leitura e pedir que leiam e sonhem sempre.

Agradeço imensamente a oportunidade de conceder esta entrevista.

 

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor