Lúcia Gonçalves - Colunista

Lúcia Gonçalves - Colunista

Lúcia Mª Lopes Gonçalves, nascida em Luanda, vem viver com a família para Portalegre (Portugal) em 1981. Formou-se como Professora do 1º Ciclo do Ensino Básico em 1994 na Escola Superior de Educação de Portalegre. Completou a formação académica ao frequentar o Complemento de Formação com especialização em Língua Portuguesa em 2006 na Universidade Aberta. Em 2010 especializa-se com o grau de Mestre na Universidade de Évora no Curso de Administração e Gestão Escolar. Antes de iniciar os seus estudos superiores trabalhou como jornalista do Jornal / Rádio Fonte Nova e na Rádio Portalegre. Atualmente concilia a profissão docente com a de Presidente da Direção da Associação Juvenil para o Desenvolvimento Comunitário da Ribeira de Nisa, secretária da Assembleia de Freguesia de Carreiras e Ribeira de Nisa, membro do Conselho Municipal da Juventude e do Conselho Municipal da Educação da Câmara Municipal de Portalegre, colaboradora do Jornal Alto Alentejo e de Juíza Social. Na área da escrita o que mais ambiciona é deleitar os leitores com a sua escrita. Que ela proporcione momentos aprazíveis nos quatro cantos do mundo.

 

Página da colunista no Facebook

https://www.facebook.com/lucia.papafina

 

Blog

http://prazeres-do-livro.blogspot.pt/

 

 

Publicado em 03/04/2014

Lúcia Gonçalves - Colunista

Amor maduro - por Lúcia Gonçalves

Amor maduro   É a paixão no outono da vida. É a espera aconchegante que embala o grisalho sono. É a tranquilidade com que se aguarda a revelação.   O amor maduro não se precipita, não! Pois é a doce calmia que se sente mesmo quando a lágrima serpenteia pelas rugas da vida!   Amor...

Um dia Da Mulher assinalado no FEMININO - por Lúcia Gonçalves

Um dia Da Mulher assinalado no FEMININO   Decorridos já 106 anos desde o acontecimento que levou Clara Zetkin, em 1910, a propor um dia de luta Internacional da Mulher, em homenagem à luta travada em 1857 pelas operárias de uma fábrica têxtil, em Nova Iorque, a igualdade de género continua a...

Os três males da pequenez humana - por Lúcia Gonçalves

  “Os três males da pequenez humana”   A inveja É o fel amargo que se espalha pelo corpo. Que encrua as palavras e intoxica os gestos. Que estripa a amizade que supostamente existia. Que asfixia a inteligência. Que por ser coroa espinhosa de sentimentos fere, magoa, desilude… Faz do...

Os Sonhos - por Lúcia Gonçalves

Os sonhos   Matéria incorpórea Que faz mover a terra em torno de um eixo imaginário sob a forma de nuvens fofas alucinogénias. Ora brancas e imaculadas como a pureza de uma donzela. Ora negras e avassaladoras como o pecado de uma meretriz   Os sonhos são pedaços do céu que nos...

Portalegre: um paraíso desperdiçado - por Lucia Gonçalves

  Portalegre: um paraíso desperdiçado   Com a desculpa de ter de ir comprar uma garrafinha “Botica” de licor de tangerina e pinhão, que só em pensar no sabor do líquido docemente amarelo-reluzente fico com a boca feita em água, dou por mim a estacionar o carro no Largo do Palácio...

É Abril - por Lúcia Gonçalves

É abril. A alvorada nasce radiosa. Gotículas de orvalho resvalam como  pérolas roliças sobre a areia. As cores ganham vida e alegria própria A brisa morna beija-me as faces. As pálpebras deslizam como que querendo suster a lágrima que se emociona. Balanço o corpo ao sabor da sinfonia...

Palavras e Gestos - por Lucia Gonçalves

Imagem: Castelo de Marvão   -Palavras, que palavras?  - As que nos ferem,  as que nos confundem, as que são ocas, as que nos rotulam, as que nos apartam, as que nos perseguem, as que são mesquinhas, as que são levadas pelo vento, ou mesmo, as que são malditas? - Não. As palavras que...

Crônica III - A Carta que não tive oportunidade de escrever ao meu pai - por Lúcia Gonçalves

Crónica III – A Carta que não tive oportunidade de escrever ao meu pai.   - Quem tu pensas que és para teres partido sem avisar? Que rompes as promessas de castigo. Que furas os horários maternos de estudo. Que roubas o comando da TV. Que combinas num segredo paterno a primeira saída...

O lado feminino do Planeta Terrra - por Lúcia Gonçalves

“O lado feminino do Planeta Terra”   Quando sob as nossas cabeças a tempestade desaba refugiamo-nos no nosso espaço de conforto rogando que passe o mais rapidamente possível. Do alto da nossa sabedoria acusamos os dias húmidos e chuvosos de serem os responsáveis pela depressão originada pela...

1 | 2 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor