Luis da Mota Filipe

Luis da Mota Filipe

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Luís António Silvestre da Mota Filipe (Luis da Mota Filipe), nasceu em Lisboa, a 7 de Agosto de 1970. A infância e a adolescência viveu-as entre aquela que diz ser sua aldeia de sempre e para sempre – Anços (Montelavar) – onde actualmente vive, e a vila de Sintra. A sua formação acadêmica e a sua experiência profissional centram-se no domínio das medidas e dos programas de emprego.  A nível da escrita tem um gosto particular pela poesia, prosa e conto, tendo escrito o seu primeiro poema em 1991. Tem concorrido a alguns concursos, nos quais obteve alguns prêmios e menções honrosas.

Boa Leitura!

 

SMC - Escritor Luis da Mota Filipe, para nós é um prazer contar com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos em que momento você começou a escrever?Quando se sentiu preparado para publicar seu primeiro livro?

Luís da Mota Filipe -  Escrevi o meu primeiro poema “ER POETA” em 1991, durante uma noite de serviço militar obrigatório no RALIS, em Lisboa. Em 2010 lançei numa edição de autor o meu primeiro livro “O DESPERTAR DOS SENTIDOS”.

 

SMC - De forma resumida conte-nos como foi a escolha dos Títulos de seus livros de poesia: “O Despertar dos Sentidos”, “Geografia do Silêncio” e “Sentimento Maior”.

Luís da Mota Filipe -  O título “O Despertar dos Sentidos”, foi uma escolha pessoal atendendo a que nos poemas desta obra estão espelhados de forma evidente os vários sentdos: a forma como sinto o que me rodeia no dia-a-dia. “geoGrafia do Silêncio”, foi uma escolha e sugestão de um meu amigo também poeta após ter lido os trabalhos que compõem o livro e que apercebeu-se de imediato a importância que eu dou ao estado do Silêncio assim como à natureza para poder escrever - criar poesia. “Sentimento Maior”, voltou a ser uma escolha pessoal por achar um título simples mas forte e que vai ao encontro do tema deste livro: O Amor.

 

SMC - Que temas você aborta em sua escrita? O que diferencia um livro do outro?

Luís da Mota Filipe -  As minhas criações poéticas, abordam temas como: Amor, Amizade, Natureza, Locais e sitios, Fado, Desiguladades Sociais,entre outros. O primeiro livro foca várias passagens /etapas da minha vida e acaba por ser uma forma dos leitores me conhecerem desde criança: onde nasci, como cresci, o que aprendi, ect. Mas mais simples e apenas explorando a forma poética de quadra popular. O segundo livro é o maior em número de páginas e poemas e abarca vários temas e o mais recente “Sentimento Maior” concentra em si várias formas poéticas, desde Sonetos passando pelos poetrix, Haycais, até à quadra popular e mesmo a prosa poética; focando apenas o tema: Amor.

 

SMC - Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas?

Luís da Mota Filipe -  Destinado a vários públicos, até porque considero a minha escrita de fácil entendimento e não sou poeta que exagere a nivel de metáforas. Gosto que os leitores também se revejam nas minhas criações e se identifiquem com a minha forma de sentir e de pensar o que muitissimas vezes transmito para o papel e compartilho com os que me leêm, desta forma partilhada podermos em conjunto refletir e construir o espaço que habitamos mais agradavel e justo, através também da arte poética.

 

SMC - Fale-nos sobre o projeto “um poeta por semana”, que você participar da ULTI – Universidade de Lisboa para a Terceira Idade, como funciona? Qual o objetivo? Quem pode participar?

Luís da Mota Filipe -   Considero um valioso projeto e foi para mim gratificante poder declamar e dar a declamar poemas meus na presença de pessoas com avançada idade e com experiência de vida riquíssima e que também gostam de poesia. Semanalmente a disciplina de português da Universidade sênior, contempla a visita de um poeta para animar a aula. A presença dos poetas é efetuada mediante convite aos mesmos, feito pelo professor da disciplina que também é um amigo poeta.

 

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?

Luís da Mota Filipe -   Estão à venda em diversos espaços comerciais (lojas FNAS, El corte Inglês, Book-it, Sonae), no Site da Editora “Chiado Editora” e também eu como autor envio por Correio os mesmos para a morada dos leitores.

Email: luisdamotafilipe@gmail.com

 

SMC - Além de escrever, conte-nos quais os principais hobbies do escritor Luis da Mota Filipe?

Luís da Mota Filipe -   Tenho como hobbies principais: O Assosciativismo, o Fado e Teatro amador e a Representação também a nivel de novelas e séries para diversas estações televisivas.

 

SMC - Quais os seus próximos projetos literários? Pretendes publicar um novo livro?

Luís da Mota Filipe -  Sim, pretendo continuar a escrever e possivelmente publicar novamente poesia e prosa poética ou até mesmo o género de Conto no Outono de 2014.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

Luís da Mota Filipe -   Apesar de entender que têm ultimamente surgido mais publicações poéticas no mercado livreiro em Portugal, continua-se a atribuir à poesia o parente pobre da literatura! E o que vende são a meia dúzia de autores que ao mesmo tempo são figuras mediáticas dos média e que por ano são capazes de esbanjar para as bancas três ou mais romances!!!

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor o Escritor Luis da Mota Filipe , que mensagem você deixa para nossos leitores?

Luís da Mota Filipe -   Que acarinhem cada vez mais o género poético e os poetas e leiam bastante, porque ler é cultura e cultura é vida!

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor