Luís Ferreira - Entrevistado

Luís Ferreira - Entrevistado

Luís Ferreira nasceu no Barreiro a 8 de Maio de 1970. Atualmente vive em Alcochete. Publica em diversos sites ligados à escrita e às artes. Possui diversas obras de poesia editadas, assim como participou com a sua escrita em mais de 20 antologias.

 

“...“Onde há um sonho, há um caminho", que os leitotes e todos os amigos me ajudem a manter este sonho bem vivo e que caminhem ao meu lado.”

 

Boa Leitura!

 

SMC  - Luís Ferreira - Escritor, Luís Ferreira,  é um prazer contarmos, mais uma vez, com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos em que momento se sentiu preparado para publicar o seu primeiro romance “Entre o Silêncio das Pedras”?

Luís Ferreira - Em 2012 estava a atravessar o que se costuma dizer “deserto de inspiração”. Nada do que escrevia tinha sabor para mim e eu quando não gosto não forço e muito menos dou a conhecer aos meus leitores. Decidi então fazer uma pausa e realizar o Caminho de Santiago (algo que sempre me atraiu, mas que por diversos motivos também sempre adiei) e eis que dou por mim, sempre que parava para descansar, a tomar notas e dai ao livro foi apenas um pequeno passo.

 

SMC - Ao escrever um livro você já tem outro em mente, conte-nos um pouco sobre o que o motiva na criação de uma obra?

Luís Ferreira - Quando escrevo um livro fico completamente absorvido pelo mesmo. As personagens, o enredo, a própria história que estou a criar, o meio onde a mesma se desenvolve, absorve-me por inteiro e cada pedaço da mesma motiva-me ao ponto de não conseguir pensar em mais nada para além da obra em que estou a trabalhar. Até mesmo depois da obra estar terminada, tenho alguma dificuldade em a largar e por isso levo sempre algum tempo até libertar-me completamente para uma nova viagem, um novo livro, uma nova criação.

 

SMC - Como foi o percurso percorrido até chegar em seu primeiro romance “Entre o Silêncio das Pedras”?

Luís Ferreira - O meu percurso literário sempre foi na poesia até 2012, pois antes do “Entre o silêncio das pedras” editei 5 livros de poesia e participei em mais de 20 antologias. O meu anterior livro “O céu também tem degraus” esteve algumas semanas no Top temático de um dos maiores livreiros em Portugal. No entanto e conforme referi anteriormente, atravessava um problema de falta de “inspiração” e o Caminho de Santiago terá aberto os meus horizontes para entrar e abraçar um em outro género literário.

 

SMC - Qual o diferencial desta obra?

Luís Ferreira - Acredito que alguns livros lêem-se e outros vivem-se. Quando escrevi o “Entre o silêncio das pedras” apostei numa escrita directa e numa história que convidava o leitor a viver a mesma.  Pelos relatos que me tem chegado, de quem já leu a obra, fico feliz e aproveito para agradeçer os mesmos. Consegui uma comunhão entre o leitor e  a personagem principal. Pelo facto da história decorrer no lendário Caminho de Santiago isso levou ao crescimento do interesse e à curiosidade do próprio leitor em ler a obra. O leitor vai descobrir que ele mesmo vai ser conduzido ao longo do próprio Caminho Português, possibilitando inclusive a reflexão pessoal e descoberta da sua própria natureza. Foi uma aposta forte, mas graças a Deus penso que consegui o objectivo que pretendia.

 

SMC - Como foi a escolha do Titulo?

Luís Ferreira - Ao realizar o Caminho de Santiago, quem o faz sabe ao que me refiro, sente-se o silêncio do momento, observamos tudo o que nos rodeia, sentimos toda a atmosfera e somos convidados a pertencer a esse universo. Os meus pés ao tocarem nas pedras, naquele mesmo trilho percorrido por tantos outros peregrinos, que histórias poderiam eles encontrar? Nesta perspectiva surge o título da obra.

 

SMC - Como se sentiu, ao ter o seu livro sendo vendido no maior evento literário que temos no Brasil, a Bienal Internacional do Livro de São Paulo? Soube que foi um sucesso. Parabéns.

Luís Ferreira - Sinto-me agradecido e muito feliz. Tive imensa pena em não ter tido agenda para estar presente, quem sabe no futuro com um outro livro. Naturalmente tenho de agradecer à Editora Garcia e em especial ao seu Editor Ismael Garcia pelo apoio, interesse e principalmente pela aposta na obra. Fico feliz e honrado pela oportunidade do livro ter estado neste importante e prestígiado evento internacional e mais ainda, pelo sucesso que a obra alcançou. Nada sou sem os leitores e por isso a minha imensa gratidão e o meu agradecimento especial a todos eles e ao público Brasileiro pelo acolhimento e interesse. Como costumo dizer, as minhas palavras tornam-se vazias até serem acolhidas pelo olhar dos leitores que lhes dão vida.

 

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?

Luís Ferreira - Não sei o que responder, pois todos os meus livros estão esgotados. Espero que no Brasil exista em breve uma segunda edição do “Entre o silêncio das pedras” (assim desejo) e por isso deixo dois sites onde podem saber mais um pouco das minhas obras, o meu pessoal que têm links para as diversas editoras com quem trabalhei e naturalmente o da Editora Garcia, esperando que mais pedidos surjam para o meu romance.

- http://www.garciaedizioni.com.br/entre-o-silencio-das-pedras

- http://www.luisferreiraescrita.com/homepage.html

Deixo também o endereço do Facebook, para quem quiser entrar em contacto comigo:

- https://www.facebook.com/pages/Luis-Ferreira/441660765356?ref=bookmarks

 

SMC - Escritor Luís, pensas em publicar novos livros?

Luís Ferreira - Eu tenho sempre o desejo de o fazer. Agora será aquilo que o mercado livreiro e os leitores assim desejarem. Estou numa fase de profunda reflexão, irei avaliar com calma a resposta do público e dos mercados (Brasileiro e Português) ao “Entre o silêncio das pedras” e depois tomar a decisão.

 

SMC - Como você se vê no mercado literário?

Luís Ferreira - O mercado dita regras muito fortes, em Portugal costuma-se apostar apenas nos grandes nomes e existe pouca margem para os novos autores subressaírem. É um problema cultural que é transversal às diversas artes. É preciso encontrar um parceiro forte (editor), que acredite no nosso trabalho e que aposte verdadeiramente no autor para que este consiga entrar nesse mesmo mercado (que esteja ao lado deste e o promova). Com base nisso acredito muito na Editora Garcia para dar continuidade a este processo ai no Brasil.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor o Escritor Luís Ferreira, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Luís Ferreira - Obrigado eu por mais esta oportunidade, assim como o meu profundo agradecimento a todos os que me seguem e gostam daquilo que escrevo. Como já referi, nada sou sem os leitores e nada serei como autor, se não existirem pessoas que gostem daquilo que escrevo. Deixo uma frase final que vi pintada numa parede quando fiz novamente este ano o Caminho de Santiago, “Onde há um sonho, há um caminho", que os leitotes e todos os amigos me ajudem a manter este sonho bem vivo e que caminhem ao meu lado.

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor