Luizinho Bastos

Luizinho Bastos

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Luiz Carlos Bastos de Oliveira – Luizinho Bastos – mora em São Paulo, é escritor, poeta, compositor, palestrante,  declamador e consultor editorial.  Possui até o momento 22 obras publicadas entre livros, CD, DVDs.  É autor da Paulinas Editora com títulos comercializados no Brasil e na América Latina. Desenvolve projetos culturais e educativos de incentivo à leitura, ecologia e motivação. Escreve artigos e matérias em revistas. Possui leitores no Brasil e no Exterior. Em entrevista, exclusiva para o projeto Divulga Escritor, o escritor conta-nos como descobriu sua vocação literária, fala-nos de seus projetos literários, dá importantes dicas para quem deseja publicar livros e nos apresenta algumas melhorias para o mercado literário no Brasil.

"o mercado literário brasileiro através de seus editores e profissionais precisa se empenhar muito para oferecer à sociedade, às crianças, aos jovens e às futuras gerações acessos eficazes e amplos de contato com livros, e-books, bibliotecas públicas e digitais para a formação de cidadãos e novos leitores. Acredito que o Brasil, em breve será um país de milhões de leitores."

“Muitos autores se iludem e assinam contratos que os obriga a publicar e pagar taxas abusivas, e devido a isso, alguns autores ficam com seus exemplares presos.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritor Luizinho Bastos é uma honra imensa tê-lo conosco no Projeto Divulga Escritor, hoje você tem mais de 20 livros publicados, conte-nos como começou seu gosto pela escrita?

Luizinho Bastos - Descobri minha vocação literária durante a adolescência. Na escola, escrevia mensagens aos professores e amigos, ensaiava peças teatrais em sala de aula,  pegava gibis e fazia uma adaptação com diálogos e poemas; na comunidade, participando de grupos de jovens na Paróquia Nossa Senhora das Graças, eu declamava poemas em festas, casamentos, eventos beneficentes, aniversários, missas e assim também pude desenvolver o dom de declamar. Sendo um poeta nato, logicamente comecei minha carreira escrevendo poesias e aos poucos me exercitei em produzir outros estilos. Eu também gostava de compor letras de músicas, houve um período em que pensei que exerceria o papel de compositor, mas com o tempo concluí que meu destino, minha trajetória, meus sonhos estavam focados na literatura.

SMC - Seus livros abrangem diferentes temas. Como foi surgindo estes diferentes gostos literários, o que o influenciou a ter esta diversificação de temas publicados?

Luizinho Bastos - Em 1990 publiquei meu primeiro livro de poemas “Memórias de um poeta” e continuei nos anos seguintes produzindo esse mesmo estilo. No decorrer dos anos percebi que poderia diversificar com outros gêneros, sendo também aconselhado nesse detalhe por profissionais da área editorial. Um detalhe importante me motivou a produzir gêneros diversificados, ou seja, eu adaptava a poesia com temas como “Universo Feminino”, “Juventude”, Política”, “Esoterismo”, etc. E deu certo. Sempre conseguia vender as edições publicadas até então de forma independente. Em seguida, produzi livros de autoajuda, motivação, ecologia, datas comemorativas, crônicas, sempre sublinhando o conteúdo do livro com fragmentos poéticos porque as pessoas gostam disso. Por exemplo: o Livro Ecos Ecológicos – Paulinas Editora – foi elaborado em 10 capítulos com poemas, reflexões sobre a jornada ecológica, glossário, mural com atitudes ecologicamente corretas e ideias sustentáveis para preservação do planeta. Pretendo continuar elaborando livros com esses enfoques, entretanto, guardo a sete chaves vários originais porque pretendo a partir desse ano estender minha biografia e bibliografia, publicando romance, contos, ficção e outros temas arquivados.

SMC - O que mais lhe inspira a escrever?

Luizinho Bastos - São inúmeras razões e emoções que me inspiram a escrever num lema que norteia minha carreira: “Tudo que vivo é motivo para escrever. Escrevo para fazer as pessoas felizes”. Essa é a minha missão, a motivação que seguirei por toda a minha vida e carreira literária. Quando escrevo, penso nas pessoas (leitores) que vão apreciar e ler o meu livro. Eu me coloco no lugar delas, pesquiso muito, faço inúmeros laboratórios mentais seguindo um caminho pelo universo imaginário que se define em “insights”. Sou um assíduo observador do cotidiano, uma imagem, uma frase, um diálogo, um momento mágico e inusitado, uma caminhada solitária pelas ruas, o silêncio, o mistério, o contato íntimo com Deus, a voz do coração, os flashes intuitivos na mente, uma cena, uma canção, uma postagem numa Rede Social, sem esquecer de mencionar que quase toda produção é baseada em experiências pessoais que transfiro e transcrevo no exercício contínuo de escrever. Eu crio vários títulos e vou imaginando como seria aquele livro, aquela obra, e sintonizado com as energias que fluem nesses insights eu recebo um sinal do universo para elaborar ou produzir aquele tema, aquele título, aquele livro que será tecido por minhas veias literárias. Às vezes é muito engraçado, curioso, esquisito de explicar, mas é no meio de tudo isso, entre a realidade e a fantasia, no universo imaginário que me envolve, que escrevo minhas obras literárias. Eu exijo muito de mim, viajo, rascunho, e logicamente quando encontro o rumo certo, sou capaz de produzir um livro em pouco tempo.

SMC - Luizinho seu livro “Motivação Todos os Dias” já está em sua 4ª edição, é um livro maravilhoso, com mais de 30 mil exemplares vendidos, fale-nos um pouco sobre este livro que hoje é uma referência na área motivacional.

Luizinho Bastos - Esse livro foi elaborado por incrível que pareça em momentos e situações difíceis e delicadas em minha vida. Percebi a necessidade de escrever mensagens que serviriam como fontes e mananciais para motivar a jornada diária nesse mundo cheio de adversidades, violência. Eu estava completamente só em meio a tantos desafios e comecei a fazer um laboratório com a palavra “Motivação”. Eu repetia mentalmente essa palavra durante o dia até captar qual o caminho que essa “motivação” deveria seguir. E assim associei a palavra com as horas, a semana, todos os dias – Motivação todos os dias – A inspiração flui de forma tão maravilhosa ao ter a felicidade de elaborar uma mensagem motivacional para cada dia do mês, complementada com trechos bíblicos, frases de personalidades famosas e dicas de como reinventar a jornada diária, com fé, entusiasmo, inovação, trabalho, esperança, paixão, amor e motivação. Meu foco principal foi transmitir e destacar esse potencial que temos dentro do nosso “eu” que se chama motivação. A motivação de dentro para fora, a motivação que irradia energias positivas e permite vencer todos os obstáculos e desafios que surgem em nossos empreendimentos e projetos pessoais. Acrescentei textos motivacionais para complementar o objetivo do livro e até o momento é o meu campeão de vendas; inclusive apresento palestras e cursos sobre esse livro que é o maior sucesso.

SMC - Outro livro de Sucesso é  “Ecos Ecológicos”, que já esta em sua 2ª edição, qual o público deste livro? Quais os principais temas abordados?

Luizinho Bastos - Eu sempre idealizava escrever um livro Ecologia e Meio Ambiente. Um apelo à humanidade no intuito de somar forças de forma global e multicultural para preservar o planeta, a biodiversidade, conscientizar as pessoas dessa prioridade intercontinental: preservar a natureza comprometendo-se numa jornada ecológica em defesa do meio ambiente. Como método principal, foquei as crianças, adolescentes e jovens. Arquivei durante anos vários textos, poemas, pensamentos sobre ecologia e os adaptei com diversos temas elaborados em capítulos: Amazônia, Águas da Terra, Animais em Extinção, etc. A própria capa do livro, criada com muita sensibilidade, expressa a preocupação da mãe natureza indignada com os absurdos causados a ela através de sons – ecos ecológicos – sofrimento, indignação, morte, aquecimento global, desmatamento, desastres ambientais e tantas consequências provocadas pela falta de amor das autoridades e dos próprios seres humanos. É um livro que pode ser pesquisado e trabalhado em sala de aula, na família, na comunidade, nos clubes, nas ONGs, Escolas de Ecologia, em todas as culturas e religiões, é um convite para que todos exerçam o papel de cidadania atuando como voluntários ecologistas. Depois que esse livro foi lançado, devido a importância do tema, a Paulinas me convidou para produzir uma matéria mensal com o mesmo tema “Ecos Ecológicos” na Revista Super + direcionada ao público infanto-juvenil, professores e voluntários. Tudo isso proporcionou o sucesso da obra. Com esse livro, ministro também palestras e oficinas em escolas, clubes, etc.

SMC - Luizinho seu próximo livro está sendo lançado: “Insights pelos caminhos de Deus” pela Editora Paulinas, como foi escrever este livro? Que mensagem ele leva a seus leitores?

Luizinho Bastos - Esse livro inédito foi também elaborado dentro das performances que citei nas perguntas anteriores e que define a influência da palavra “insights” nas experiências pessoais de um escritor. Eu mentalizava produzir um livro utilizando o termo “insights” no título, associando-o com a onipresença e inspiração divina – um Ser Supremo que conduz de forma atemporal nossos destinos e projetos de vida. Fiquei mais de dois anos pensando como unir essa palavra de origem inglesa e comum no nosso vocabulário com a palavra “Deus”. Depois de várias pesquisas num momento mágico disse para mim mesmo: Por que não Insights pelos caminhos de Deus? – Apresentei a ideia para uma revisora que simplesmente disse: “Seria um belo título para um livro”. Então defini esse título elaborando a obra com mensagens, poemas, orações, crônicas e pensamentos que captei durante minhas caminhadas pela noite, as duras experiências que tive, as emoções que me inspiraram a sonhar e escrever, apresentando alguns aspectos humanos e cotidianos que fluíram em forma de insights com o principal detalhe de toda a minha experiência: escolher e seguir pelos caminhos de Deus. Esse livro é uma forma que encontrei para mostrar a Deus toda minha gratidão por tudo que escrevi, produzi, vendi, espalhei com meus livros e que me proporcionam muita felicidade. É um livro também comemorativo dos meus 50 anos que vou celebrar no próximo mês de julho (dia 24). É um livro muito especial que já está sendo distribuído para ser comercializado nas Livrarias Paulinas pelo Brasil e América Latina, incluindo EUA, México e Canadá.

SMC - Conte-nos, você vai participar da Bienal Internacional do Rio de Janeiro que será de 26 de agosto a 07 de setembro de 2013 pela Editora/livraria Paulinas?

Luizinho Bastos - Claro. Vou participar da Bienal Internacional do Livro no Rio de Janeiro, autografando meus títulos no estande da Editora Paulinas. Esse ano a Bienal do Livro tem um caráter especial porque promoverá paralelamente uma Feira de Frankfurt aqui no Brasil, já que o nosso país será homenageado em Frankfurt – maior Feira Literária do Mundo – na edição de outubro.

Todo escritor e profissional do Mercado Editorial tem o compromisso de participar de uma Bienal do Livro todos os anos. Sempre digo que sou “rato de bienais”, ou seja, eu visito a Bienal do Livro há muitos anos e aconselho principalmente os autores que estão começando e que desejam publicar livros em grandes editoras a visitarem e interagirem em todos os espaços organizados numa Bienal do Livro.

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?

Luizinho Bastos - Meus livros e DVDs publicados até o momento atual pela Paulinas Editoras podem ser comprados nas Livrarias Paulinas espalhados pelo Brasil e América Latina.

Existem várias outras opções: nas palestras, cursos, oficinas, workshops que apresento em escolas, universidades, centros culturais, bibliotecas, empresas, etc.

Acessando o meu site, os leitores podem comprar meus títulos pelo sistema PagSeguro – www.luizinhobastos.com.br/loja - o pagamento pode ser feito pelo cartão de crédito ou boleto bancário; o livro autografado é encaminhado pelo correio. Todas as informações estão nessa página do meu site oficial.

Leitores de todo Brasil também podem solicitar por e-mail – imprensaluizinhobastos@gmail.com – basta informar os dados principais como endereço, fone, CEP – pagamento é feito através de depósito bancário, todas as informações são esclarecimento após o contato.

SMC - Você, hoje, trabalha com consultoria Editorial, estou segura que és um excelente consultor, que dica você pode dar para as pessoas que estão iniciando carreira como escritor, ou até mesmo querem publicar um livro?

Luizinho Bastos - É uma questão muito delicada, pessoal e profissional porque infelizmente existem “micro-editoras” ou editoras que atuam no mercado apenas com o objetivo de publicar (produzir) livros independentes sem dar nenhum suporte como distribuição, marketing, logística, assessoria de imprensa, etc. Algumas prometem esses serviços, porém não exercem na íntegra. Muitos autores se iludem e assinam contratos que os obriga a publicar e pagar taxas abusivas, e devido a isso, alguns autores ficam com seus exemplares presos. Muitas pessoas confundem gráfica com editora (sendo que algumas gráficas são editoras) que só atendem a demanda na impressão de livros com preços abusivos, explorando o lucro, iludindo novos autores. Isso é uma verdade. Ressalto que existem algumas ou “poucas” editoras corretas e íntegras na produção de livros independentes, por isso, os autores precisam pesquisar muito para escolher o caminho correto.

Aconselho os autores a pesquisarem melhor essas “editoras” que muitas vezes entram no mercado com belas ofertas, mas não resistem muito tempo porque não possuem infra-estrutura para competir com outras editoras, nem mesmo projetar um autor nos segmentos do mercado editorial.

Através da minha consultoria editorial, oriento sobre todos os procedimentos desde o registro da obra até a impressão, lançamento, divulgação, etc. Os valores que correspondem à diagramação, capa, fotolito, impressão ficam na responsabilidade do autor com preços bem acessíveis e que facilitam as negociações. Eu trabalho de uma forma muito diferente porque foi esse o caminho que segui até publicar 13 livros independentes – esse caminho teve que ser percorrido para ingressar numa grande editora – hoje meus livros são comercializados no Brasil, América Latina e Europa pela Editora Paulinas. Eu tenho a liberdade de publicar livros em outras editoras e pretender atingir essa meta conquistando novos espaços.

Todos os autores que publicaram pelo meu selo “Nova Literarte” estão felizes e satisfeitos porque fui muito sincero ao atendê-los, ouvi-los e orientá-los sobre a realidade em produzir um livro independente. Portanto, estou a disposição a partir dessa entrevista a ajudar autores do Brasil ou exterior a produzir e publicar um livro de qualidade com a condição de ser divulgado e comercializado. Finalizo essa resposta com uma célebre frase de Jorge Amado: “Mais importante que lançar um livro, é escrever e produzir um bom livro”. Contatos: editoranovaliterarte@gmail.com

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário no Brasil?

Luizinho Bastos - Existem muitas alternativas, ideias, além de propostas e prioridades para melhorar o mercado literário no Brasil. Vou citar algumas: maior mobilização de projetos e políticas públicas de incentivo à leitura; mais espaço de divulgação e entretenimento da literatura pelas mídias (TV, Rádio, Internet, Jornais). Por exemplo: criam programas de festival de música, mas até hoje ninguém criou um programa específico sobre literatura nas principais emissoras; ressalto e elogio alguns raros programas com formato literário, porém ainda pouco divulgados;

A criação de mais leis de incentivo à cultura pelas autoridades do governo ou pelo MINC. O que existe só beneficia artistas ou produtoras conveniadas a grandes emissoras tendenciosas. A fusão de literatura com esporte, com saúde, com educação, com mídias sociais; Preços mais acessíveis para a comercialização dos livros; mais cautela no investimento por editores e profissionais que atuam no mercado editorial com relação a direitos autorais. Maximização de espaços culturais, feiras, bienais, etc. Maior inclusão social e digital. Enfim, o mercado literário brasileiro através de seus editores e profissionais precisa se empenhar muito para oferecer à sociedade, às crianças, aos jovens e às futuras gerações acessos eficazes e amplos de contato com livros, e-books, bibliotecas públicas e digitais para a formação de cidadãos e novos leitores. Acredito que o Brasil, em breve será um país de milhões de leitores.

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação, muito bom conhecer melhor o Escritor Luizinho Bastos, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Luizinho Bastos - Cultivar o hábito da leitura, incentivar nos seus filhos o hábito da leitura e, consequentemente, exercitar o hábito de escrever. Redação é um dos fatores principais na formação de uma carreira profissional. Ler, escrever, incentivar a cultura, cobrar do governo a implantação de bibliotecas em todas as regiões do Brasil. Investir em livros, comprar livros, frequentar bibliotecas, centros culturais, bienais, feiras literárias. Fazer do livro um amigo de todas as horas.

Convido os leitores para conhecerem minha biografia, trajetória, projetos culturais e obras publicadas até o momento acessando meu site oficial www.luizinhobastos.com.br  fazendo inclusive contatos comigo, respondo a todos dentro das possibilidades porque tenho uma rotina intensa com palestras e divulgação dos meus livros. Minha assessoria de imprensa também recebe todos os contatos: imprensaluizinhobastos@gmail.com

Desejo muito sucesso, inspiração, criatividade e dedicação com amor a todos os escritores que estão participando desse projeto com suas entrevistas.

Agradeço carinhosamente a você, querida jornalista Shirley M. Cavalcante, pela criação e divulgação desse projeto que está atraindo autores brasileiros e estrangeiros. Você está sendo iluminada por Deus ao criar e desenvolver um projeto belíssimo em que muitos deveriam se espelhar e colocar em prática. Mas o Projeto é seu e tenho certeza que cruzará fronteiras dando-lhe também um retorno aos outros empreendimentos e funções que você exerce como uma autêntica profissional e competente jornalista. Conte comigo em tudo que necessitar com minha experiência de praticamente 25 anos de carreira literária. Parabéns! Sucesso! Que Deus abençoe sua carreira profissional e projetos. Felicidades! Um carinhoso abraço do escritor e poeta Luizinho Bastos.

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor