Lurdes Maravilha - Entrevistada

Lurdes Maravilha - Entrevistada

por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Maria de Lurdes Silva Maravilha, natural de Castro Daire - Viseu. Diplomou-se em Educadora de Infância, pela Escola do Magistério Primário de Lamego, posteriormente a licenciatura em Administração Escolar, pela Escola superior de Educação de Viseu, especializou-se em Administração e Organização Escolar, adquiriu o grau de Mestre em Ciências da Educação pela Universidade Católica. Foi designada como avaliadora no atual processo de avaliação de desempenho docente. Realizou um estudo de investigação sobre a necessidade da implementação educação pré escolar itinerante, a qual foi implementada no Agrupamento de Castro Daire. Exerceu a função de formadora durante vários anos, no Instituto de Assuntos Culturais, dando formação às famílias e jovens. Participa como apresentadora de programas relacionados com a temática sobre o papel da família, na Rádio Limite de Castro Daire e na Rádio Alive FM 89.9 de Viseu. Escreve poesia desde os dez anos. Publicou alguns artigos em jornais. Publicou o livro de poesia que se intitula de “CINZAS VIVAS”, pela editora Oz.

“A leitura converte-se numa das mais importantes atividades humanas, já que influencia e assegura o processo de maturação, através da autonomia intelectual, sendo igualmente factor de liberddae interior daquele que lê.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritora Lurdes Maravilha é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a ter gosto pela poesia?

Lurdes Maravilha - O meu gosto pela poesia vem desde criança, desde o meu primeiro contacto com as letras. Recordo-me que gostava imenso de escrever composições na escola primária. A professora colocava algumas imagens no quadro e dizia para elaborarmos um texto tendo como referência essas imagens. Era uma atividade que me dava imenso prazer e desenvovia muito a criatividdae.  Tive muitas vezes o privilégio de as minhas composições estarem expostas na parede da sala ou penduradas num cordel que se estendia pela sala. Qualquer pedaço de papel servia para escrever, mas escrevi muita vez numa lousa de pedra, que se usava nessa altura na escola.

  No meu percurso da escola primária, havia uma grande escassez de livros.  Nessa época, tinha apenas os livros didáticos da escola e sempre que podia, lia os livros dos meus colegas mais velhos.   

 A minha falecida irmã, a qual  foi também minha professora na escola primária, quando podia oferecia-me um livro. 

Em 1974, veio pela primeira vez uma biblioteca itinerante à minha aldeia. Foi um dia muito feliz e que jamais  esqueço. Uma verdadeira emoção ao ver tanto livro e poder levar alguns para ler era uma benção de Deus.

Durante o periodo da minha infancia escrevi muitas canções, as quais imaginava serem cantadas no festival da canção.  Um sonhoguardado na gaveta,porque as asas deste sonho não puderam voar. Porém, no meu percurso escolar desde o 5ºano até ao 12ºano, recebi vários prémios de distinção,nos concursos de poesia,assim como em outro génoro de textos.

A escrita é uma parte muito importante da minha vida, a qual me dá imenso prazer.

 

 

SMC - Em que momento pensou em publicar o seu livro “Cinzas Vivas”?
 Lurdes Maravilha - A ideia de publicar o livro, dormia há muito tempo comigo.  Neste contexto, muitos amigos também me incentivaram a fazê-lo.

 Este meu livro de poesia foi escrito e publicado numa fase de uma maior maturidade da própria vida.. Um livro de poesia, com alguns textos de prosa poética, o qual revela um estado de alma sobre as questões existenciais entre a vida e a morte. Neste sentido, o livro leva-nos a fazer uma viagem reflexiva sobre o conceito da própria existencia humana, e o misticismo na eterniddae.

 

SMC - Como foi a escolha do Título?

Lurdes Maravilha - A escolha do titulo refere-se à memóra da pessoa a quem o dedico (a minha irmã), assim como está também muito relacionado com o teor do seu conteudo.  Cinzas Vivas é algo que morreu,mas está  sempre vivo dentro de mim.

 

SMC - Onde podemos comprar o seu livro?

Lurdes Maravilha - Neste momento o livro encontra-se esgotado. Estou a preparar a 2ª edição e será colocado à venda nas livrarias Bulhosa e Fnac.

 

SMC - Que outro tipo de textos, além de poesias, gostas de escrever?
Lurdes Maravilha - Gosto de escrever artigos relacionados com as politicas educativas e relatos históricos vivenciados por mim ou por outros.

 

SMC - De forma geral, qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através de seus textos literários?

Lurdes Maravilha - O meu primeiro desejo é levar algo aprazivel no momento de leitura ao leitor. Tenho como objetivo levar  sempre alguma informação  e reflexão sobre os temas apresentados. No que concerne à poesia, quero transmitir algo com um cunho reflexivo  sobre a propria vida e a morte, incluindo no meio desta ponte o verdadeiro sentido sobre o sentimento do amor.

 

SMC - Quais os seus principais objetivos como escritora, pensas em publicar um novo livro?

Lurdes Maravilha - Todos os dias escrevo poesia. Porem, estou a escrever um livro num contexto bem diferente. Um livro moroso porque me requer muita investigação.Neste sentido, gostaria muito de um dia o poder publicar.

 

SMC - Quais os principais hobbies da escritora/poeta Lurdes Maravilha?

Lurdes Maravilha - Os meus principais hobbies são  escrita ,a dança, a natação,  a musica, a fotografia  e correr ao ar livre.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

 Lurdes Maravilha - Um aspeto muito importante seria proporcinar uma melhor divulgação do trabalho do escritor e o apoio económico para a  própria edição.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor a escritora Lurdes Maravilha, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Lurdes Maravilha - Eu é que agradeço esta oportunidade, assim como toda a divulgaçao do meu trabalho através do Divulga escritor e para finalizar  apenas esta breve mensagem.

 A promoção da leitura é da responsabilidade de toda a sociedade.

 A leitura converte-se numa das mais importantes atividades humanas, já que influencia e assegura o processo de maturação, através da autonomia intelectual, sendo igualmente factor de liberddae interior daquele que lê. A leitura é uma das atividades que melhor contribuem para o desenvolvimento dos diferentes aspetos da personalidade.

Assim, o livro é sempre um magnifico instrumento de permanente formação intelectual, moral, afeciva  e estética do leitor.

A leitura é uma arte misteriosa e profunda; é talvez a mais eficaz, influente e universal de todas as manifestações artisticas, ao ultrapassar as fronteiras espaciais e temporais e deste modo poder atingir facilmente qualquer ponto do planeta. 

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor