Manoel Lago

Manoel Lago

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

MLLAGO(Manoel Luiz Lago Pereira) nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul em 1952. Formado em Direito e Sociologia, especializou-se em Administração de Recursos Humanos Públicos e Privados. Em função da sua atividade profissional veio para o Rio de Janeiro em 1983, onde assumiu a Diretoria de Recrutamento e Seleção da FESP/RJ – Fundação Escola de Serviço Público. Em 1986 foi convidado pelo eminente Professor Darcy Ribeiro, então Vice-Governador do Estado, para assumir a Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos da FAPERJ – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado, onde realizou a seleção do pessoal de apoio do 1º PEE – Programa Especial de Educação. Além de escritor é artista plástico, e atua como Consultor de Relações Humanas e Empresariais. Atualmente, assessora o Secretario de Municipal de Cultura de Maricá.

“Um escritor é um pequeno empresário deve ter apoio financeiro para levar adiante as suas idéias. As editoras deveriam ter uma cota obrigatória para publicarem livros de escritores iniciantes. Literatura e arte em geral não devem ser encaradas como passatempo. O Brasil precisa ler mais.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritor Manoel Lago, para nós é um prazer tê-lo conosco no projeto Divulga Escritor. Conte-nos o que o motivou a escrever? Em que momento decidiu publicar seu primeiro livro?

Manoel Lago -  - Escrevo desde os 12 anos de idade, mas meu primeiro registro tem data de 29 de agosto de 1967. Tinha 15 anos à época. Foi um poema dedicado à minha avó Maria José, mãe de meu pai que havia falecido recentemente, a quem eu era muito apegado. Mais tarde, em função da minha atividade profissional, escrevi um manual de orientação para a busca do primeiro emprego. Tímido, preferia escrever em vez de falar. Um dia consultando um amigo escritor, ouvi o conselho: ”Queres ser escritor? Então dedica no mínimo 2 horas do teu dia para isto.” Comecei a praticar e quando chegou a hora, estava preparado para publicar o meu primeiro livro que foi Riacho Mágico – Um Conto de Amor Incondicional.”

SMC - Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas?

Manoel Lago -  -  Meu trabalho não é dirigido à um público específico. A inspiração vem e começo a escrever seguindo o que o coração vai ditando. Escrevo sobre a necessidade de nos amarmos para que possamos amar ao próximo e à Deus. Este é o único caminho para a transformação da humanidade. Creio que é esta a mensagem que tento transmitir através das palavras impressas no papel.

SMC - De que forma você divulga, hoje, o seu trabalho?

Manoel Lago -  -  Divulgo através de doações dos meus livros, pela internet e através de palestras quando solicitado.

SMC - Escritor Manoel Lago, você hoje tem vários livros publicados, conte-nos qual o livro que demorou mais tempo para ser escrito e publicado? Que temas você aborda neste livro?

Manoel Lago -  -  O livro que demorou mais foi Vontade Lógica. Não sei ainda se gosto deste livro. É pragmático demais. Mesmo assim, resolvi publicá-lo para me livrar dele(rs). O livro é de ajuda. Até porque, Auto Ajuda não existe. (Quem quiser saber por que leia o livro).

SMC - Qual o livro que demorou menos tempo para ser escrito e publicado? O que o motivou a escrever de forma mais intensa que os demais livros escritos? Que temas você aborda neste livro?

Manoel Lago -  -  Riacho Mágico sem dúvida. Escrevi-o em 25 dias. Estava em Recife. Como faço sempre, orei à Deus pedindo orientação para a minha vida. Acordei às 3 horas da madrugada com o livro na cabeça. Não parei de escrever um dia sequer até terminá-lo. Foi uma experiência fascinante e o resultado tem feito muita gente feliz. E a mim também, como a letra daquela belíssima musica de Adolph Green, Betty Comden e Jule Styne – Make Someone Happy “Faça alguém feliz, faça apenas uma pessoa feliz e você será feliz também.”

- O livro fala de transformação pessoal e do amor incondicional que devemos nutrir por nós e pelo próximo.

SMC - Que dificuldades você encontra para a publicação de livros?  O que você acredita que deve ser feito para amenizar estas dificuldades?

Manoel Lago -  - Um escritor iniciante tem muita dificuldade para publicar seus trabalhos. Vivemos num mundo capitalista aonde o lucro sempre vem em primeiro lugar. Hoje existem algumas formas de publicar sem muitos custos, virtualmente, por demanda. Mas vemos bons escritores desistirem de escrever porque não conseguem viver da literatura. As editoras são imediatistas, apostando apenas nos autores consagrados pela mídia. É uma questão de sistema. Além disto, em nosso país o público leitor é muito pequeno. Não existem estímulos efetivos para a formação desta clientela. Tem a ver com a personalidade de base da nossa classe política. Povo que lê é povo que sabe discernir, é povo que pensa, que sabe o que quer.

- Precisamos de apoio financeiro do governo para fomentar mais a leitura para expandir o mercado e proporcionar maior investimento nas publicações nacionais.

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?

Manoel Lago -  - - Através do facebook, (Manoel Lago) no site http://www.clubedeautores.com.br/books/search?utf8=%E2%9C%93&what=mllago&sort=&commit=BUSCA

e também através do meu e-mail = malulape@bol.com.br.

 

SMC - Quais seus próximos projetos literários?

Manoel Lago -  - - Estou escrevendo 4 livros atualmente. A continuação de Riacho Mágico; um romance surrealista; um livro de comentários bíblicos e um livro devocional. Tenho ainda a me cutucar a mente uma peça teatral tragicômica. Pretendo terminar tudo isto até o final deste ano.

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário no Brasil?

Manoel Lago -  - - Além da acima citada formação de público, o fomento através de financiamento público, das publicações independentes. Devemos acabar com a hipocrisia de dizer que não devemos pensar em dinheiro quando se trata de arte! Um escritor é um pequeno empresário deve ter apoio financeiro para levar adiante as suas idéias. As editoras deveriam ter uma cota obrigatória para publicarem livros de escritores iniciantes. Literatura e arte em geral não devem ser encaradas como passatempo. O Brasil precisa ler mais.

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor o Escritor Manoel Lago, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Manoel Lago -  - - Em primeiro lugar quero agradecer à você a oportunidade de falar sobre o meu trabalho. O que você está fazendo é um passo muito importante para o futuro da literatura neste país tão carente de cultura.

- Aos leitores deixo uma reflexão: Nesta vida nada possuímos a não ser aquilo que está em nossa mente. A nossa existência será lembrada pelas nossas palavras e elas são decorrentes do que aprendemos de uma maneira ou de outra através da leitura. Leia mais, aconselhe as pessoas que você conhece a lerem, façam os seus filhos soldados da leitura e a humanidade será mais feliz! Obrigado.

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor