Mar-a-tona - Mar de Bruma - por Joana Rodrigues

Mar-a-tona - Mar de Bruma - por Joana Rodrigues

MAR-A-TONA
( MAR DE BRUMA )

Meu Poema
Remando pelas memórias
Recordando velhas histórias
Pelo mar derrotadas,
Também se contam vitórias
E muitas lutas inglórias
Na densa bruma encontradas

Mas oh! mar de bruma
Em dias que te vestes de espuma
Em que cada memória tropeça
Quantas vezes mar...
Deixas tuas lembranças
Para que ninguém te esqueça

Quando um barco recua,e tu avanças.
Sem carinho por ninguém
Tu encorajas na luta
Avanças porque és Imenso oh mar!
E tu sabes bem!
Que não há força de ninguém,
Que te possa conquistar
Tu és mar de força bruta
E tanta labuta,!mas não sei viver sem ti oh mar!

Joana R.Rodrigues ,25/01/2016

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor