Mar de bruma - por Conceição Oliveira

Mar de bruma - por Conceição Oliveira

Mar de bruma

 

Ficou. Na bruma e no mar, o sonho.

Na bruma de um mar tranquilo
o espírito de aventura preso ao tempo
dos senhores da guerra…

Como se o mundo fosse eterno e não houvesse morte…

Intactos,
destroços, lamentos,
desgraça e o carpir.

Em que fundos esconderam as caravelas?

O deserto abriu-se às almas e às mentes
corrompidas.
Aqui
os dias são cinzentos
de mar revolto e de pasmo a cumprir…

Onde param os homens empenhados
içando velas
desbravando oceanos
contra velhos do Restelo
e monstros de cabelos desgrenhados?

(…)

Sabeis que nossa força está no mar?

Sonhos e espectros voláteis como o vento norte
nos possuem.

Ora sei. De mim e de vós.

Que os desânimos e os silêncios afogaremos,
ainda que devagar…

Conceição Oliveira

In, "Mar à Tona – Mar de Bruma" - Antologia
Poetas Poveiros e Amigos da Póvoa - Editora Modocromia, 2016

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor