Mar e terra - por Ana Maria dos Santos

Mar e terra - por Ana Maria dos Santos

 Mar e terra

 

Não moro mas em você!

Fui apanhado por uma boca imensa e aberta que tudo traga.

Na mesma noite indistinta, não sou mais espaço de queda,

Pertenço ao mar que completa.

Pela força intima que temos, estou dentro dele.

Porque ele produz o meu céu estrelado.

E quando ele se deita sobre mim nós viramos replicas; dois planos superposto do universo.

Eu sou chão; ele abobada.

Eu embaixo; ele em cima.

É assim que ele me cobre completamente.

Que o mar está o tempo todo deitado sobre a terra

Ana Maria dos Santos

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor