Marcas do Passado - por Dilson Macedo

Marcas do Passado - por Dilson Macedo
DILSON MACEDO, ao chegar ao meu quarto do livro,  MARCAS DO PASSADO,  psicografado e ditado pelo espírito Caio Cezar,, não poderia deixar de lembrar e relembrar o que foi minha vida antes e depois do conhecimento do Espiritismo.
 
Como foi demorada essa jornada, teve momentos que os erros foram sendo cometidos de forma até absurda, apesar do estudo que estava fazendo das obras básicas de Allan Kardec e realmente, somos ainda muitos resistentes às mudanças em todos os sentidos, quando se fala na reforma íntima que devemos fazer para uma vida melhor aqui na Terra.
 
Primeiramente, apesar de estar consciente, como foi em determinados momentos manter esse estágio de crescimento espiritual, devido ao meu orgulho e vaidade que foram grandes motivadores de tantas coisas feitas não só causando prejuízos ao meu corpo físico, mas também a inúmeras pessoas que confiava e ao mesmo desconfiava, desse modo de trabalho mediúnico que estava fazendo, sendo inicialmente por 10 anos na Umbanda.
 
Jamais poderei esquecer como fui acolhido pelos pretos velhos e caboclos bem como todos os guias que participaram desse início de trabalho na Seara de Cristo. Sabia e tenho plena consciência que muitas coisas em questões de trabalho não eram de acordo com que ensinava as obras básicas de Allan Kardec. Mas entenda, eu era culpado pela minha responsabilidade de fazer tudo certo e fazia errado.
 
Precisou que a dor, a doença, problemas financeiros, separação, acontecessem na minha vida para que começasse a enxergar o caminho de Cristo em minha vida e no meu coração.
 
Nesse ínterim, como foi importante a ação sempre compreensiva do meu companheiro espiritual Caio Cezar no sentido de centenas de mensagens que na verdade, eram para mim, como me mostrando o que deveria tomar sentido na busca da Espiritualidade Maior e começar o meu trabalho de atendimento fraterno material e espiritual, de cura, elaboração dos livros, palestras, ouvindo todos seja no Centro, na rua, no meu trabalho e em todos os meios comunicação que participo na etapa atual.
 
Sei que ainda falta muito, mas o caminho foi aberto, basta somente seguir com liberdade, livre-arbítrio, coragem e fé em tudo que nos ensina o EVAGELHO DE JESUS.
 
 
 
Um abraço amigo e fraterno.
 
Dilson Macedo
 
 
dmmacedo2000@yahoo.com.br
 
 
 
 
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor