Marta Maria Niemeyer - Colunista

Marta Maria Niemeyer - Colunista

Meu nome é Marta Maria Niemeyer. Nasci em Senador Firmino MG. Moro no Rio de  Janeiro. Casada com Jorge, temos uma filha seu nome é Aline, sou contadora de histórias e gosto de fazer trabalhos voluntários ,tenho dois livros infantis publicados, o primeiro se chama "BORBOLETA BIRUTA", segundo é "AS MORDIDAS DO TIO PASTOR ALEMÃO" foi lançado na Bienal do do Rio de Janeiro em setembro de 2015. Também gosto de escrever poemas , falta apenas coragem em publicar nos livros. De vez em quando publico no facebook e blog , os amigos estão sempre esperando por novidades.

 

 

Marta Maria Niemeyer - Colunista

Canavial e Cafezal por Marta Maria Niemeyer

CANAVIAL E CAFEZAL   Doce canavial, sabor docente ternura Alegria da gente! Doce canavial: canas brancas, bacanas canas rochinhas e rochonas canas macias,saborosas como cristais e rosas. Como é doce seu sabor! Alimento petitoso, abundante. Olha os dentes! Por enquanto resistente. Usar um...

Devaneios - por Marta Maria Niemeyer

Uma menina nos devaneios de adolescencia passeava pelos campos, vales e montanhas enquanto sonhava com seu príncipe encantado. Viajava extasiada com o farfalhar das flores do capinzal e o minuano refrescante, bailando seu ondulado...                ...

Conto de Réis - por Marta Maria Niemeyer

CONTO DE RÉIS   Eu era uma criança com mais ou menos quatro anos, vi meu pai com sua carteira nas mãos. Ele a chamava de capanga, velhinha, por isso eu dizia que era capanga coroca.  Estava recheada, bem gorducha, cheia de pepeis e algumas cédulas bem amarelinhas. Fiquei encantada com...

Presente - por Marta Maria Niemeyer

  PRESENTE Presente é a vida que Deus nos deu. Todos os dias são presente que recebemos por estarmos vivos. Ao observarmos nosso cotidiano, percebemos que estamos sempre no presente.  Ontem foi presente para ontem. Hoje é presente para hoje. Amanhã será presente para...

Maria Maria - por Marta Maria Niemeyer

MARIA  MARIA   Minha coluna tem discos, gravações e nostalgia de janeiro a janeiro. Maria na roda fia. No tanque ou na ribeira,na horta ou na roça, na cozinha ou na costura, Maria é sempre Maria... As Marias brasileiras são fortes, são guerreiras estão sempre na lida do nascente ao...

Olhar do poeta - por Marta Maria Niemeyer

OLHAR DO POETA O poeta todo atento, tem um olhar diferenciado.  Na retina da menina, nas cores do universo, na luz das estrelas, nos olhos da poesia. Garimpa ouro em pedra sabão, colhe pérolas em mexilhão. Nas montanhas sinuosas,nascentes correntes dos vales,em cascatas espelhadas. O poeta é...

Paixão por Pentecostes - por Marta Maria Niemeyer

Um raio de luz colorido acerta como flecha o coração de Marta Maria. Embevecida com energia de Pentecostes ela sai do templo em busca de poesia. Encontra sua amiga Adélia que sorrindo vem abraçá-la; um sorriso alegre, puro e infantil... Os corações saudosos se cumprimentam velozmente. Ela sai...

Coração de Mãe - por Marta Maria Niemeyer

CORAÇÃO DE MÃE    Mãe é amor e ternura. Mãe é frescor de água pura. Mãe é carinho e doçura. Mãe é benção de DEUS... Mãe é aconchego e segurança. Mãe espelho da criança. Mãe é poesia que encanta. Mãe é poço de preocupação só pena na alimentação. -Filho está com fome ou...

O Caqui virou Goiaba - por Marta Maria Niemeyer

Uma vez comi um caqui, ele era muito saboroso, doce como mel de tão maduro parecia um tomate. tinha uma semente linda, grande e sadia, ela estava pedindo para nascer. Atendi sua súplica  a plantei em um vaso, coloquei na varanda do apartamento ao lado das demais no jardim de inverno.Todos...

Um dia muito lindo - por Marta Maria Niemeyer

  CRÔNICA .  Um dia muito lindo, domingo de sol brilhando, peles douradas, bronzeadas algumas tão vermelhas quanto tomate maduros. Fim de tarde as luzes do dia ainda acesas, termina a missa das dezesseis horas na igreja Santo Afonso. Marta  e sua filha Aline no pátio da mesma...

Parque - por Marta Maria Niemeyer

PARQUE . No parque de diversão alegria contagia, brincam com entusiasmo José, Ana e Maria. Na entrada há correria, todos cheios de euforia, querem aproveitar o máximo porquê o tempo voa com velocidade. Balancinho quer me levar, pra lá e pra cá?Quanta liberdade parece que vou voar! O trem fantásma...

Folclore - por Marta Maria Niemeyer

Nasci na semana do folclore. Uma deslumbrante mistura de costumes, tradições e provérbios em varias regiões do meu país. Contos de um povo inteligente, trabalhador e festivo. " Dizem " que sou impar, acho que seu plural. Uma ciranda que dança em ritmos  variados e acelerados. Muitos causos e...

Novo dia - por Marta Maria Niemeyer

Novo dia   Na aurora do amanhecer cada esperança  renovada. Luz do dia irradia o som da vida em melodia. Um novo dia novos tempos, novas horas. Madrugada enluarada, estrelas do horizonte esconde-se atrás do monte.É hora de ceder a vez ao rei que surge brilhando raios de luz em seu...

Confuso - por Marta Maria Neimeyer

CONFUSO        Um jeito confuso de ser. Não sei quem sou, apenas sei de onde vim. Não sei para onde vou. O que estou fazendo aqui? Para que serve o que estou fazendo aqui? Deixar um herdeiro. O herdeiro dará continuidade a minha obra? Uns deixam pegadas, outros grandes marcas....

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor