Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte é natural de Niterói, RJ.  Escritor, poeta, artista plástico e ilustrador, Mauricio é formado em Desenho Industrial – Programação Visual na Escola de Belas Artes da UFRJ.  Concluiu o curso de Produção Textual com a poeta Maria Regina Moura na editora Canteiros.   Publicou sob demanda, em 2008, o livro Anti-arte . experimentos em artes visuais e poesia conspiracional.  Fez parte do Catálogo Biennali Del Libro d´artista da LineaDarte em Nápoles, na Itália em 2009.  Já participou de duas exposições virtuais coletivas na Galeria Monalisa: Talentos 2010 e Formas e Cores em 2011.  Teve sua obra publicada no Catálogo Anuário Brasileiro de Artes Plásticas Consulte da Editora Roma, em São Paulo, 2011.  Teve sua biografia incluída no livro Perfis Biográficos de artistas gonçalenses pela São Gonçalo Letras e Prefeitura de São Gonçalo em 2011.  Participou da exposição Livre para Criar, em 2011, da Nossa Galeria de Arte e da exposição virtual coletiva Legado da Arte no ano de 2013.  Atualmente faz parte do catálogo online da Nossa Galeria de Arte.  Foi selecionado para a Coletânea 100 Poemas 100 Poetas . Volume 3, no Prêmio Literacidade Poesia 2015 - Categoria 4 – poemas breves e para a Coleção Sementes Líricas, todas da editora Literacidade. Foi selecionado para publicação na coleção Sementes Líricas com o livro de bolso Vozes que calam . poesia em Concurso também da Editora Literacidade. Teve poemas premiados relativos ao 2o. lugar no 12o. Prêmio Nacional de Poesia - Cidade Ipatinga no âmbito do 14o. Circuito de Literatura do Clube de Escritores de Ipatinga . 2015.  Foi premiado pela ABD com medalhas de prata e de destaque concernentes à sua participação em salões de arte e literatura como poeta. Foi premiado também com a menção honrosa em poesia nos concursos: XXXV Concurso Hermando Continentes,  XLI Concurso El Poder de la Palabra e XLV Concurso Palabras sin Fronteras 2015 do Instituto Latino-americano na Argentina.  Membro Correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni. Membro da AVL (Academia Virtual de Letras). Membro da SAL (Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo). Membro da AGLAC (Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências).

 

Contatos do autor:

Blog Arte-enlevo: http://arte-enlevo.blogspot.com.br/

Página Arte-enlevo: https://www.facebook.com/arteenlevo/

Página no Catálogo Online da Nossa Galeria de Arte:http://www.ngarteprodutoracultural.com.br/galeria/artistas/mauricio_duarte.html

Página no Catálogo Arte Atual: http://www.arteatualgaleria.com/?p=119

Página no Pendurô: http://atelierdearte.com.br/artista/61

Página de arte no facebook: https://www.facebook.com/pages/Artista-Visual-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/273787086012189?fref=ts

Página de literatura no facebook: https://www.facebook.com/pages/Escritor-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/181893438578227?fref=ts

Página no Recanto das Letras:http://www.recantodasletras.com.br/autores/mauricioduarte



 

 

dez. 2013

Mauricio Duarte - Colunista

Portinari por Maurício Duarte

Portinari Candido Torquato Portinari nasceu numa fazenda de café, próximo de Brodowski, interior de São Paulo, em 1903. Tendo pouco estudo e não completando nem o ensino primário, aos 14 anos de idade foi recrutado como ajudante por uma trupe de pintores e escultores italianos que realizavam...

Carlos Scliar - por Maurício Duarte

Carlos Scliar O máximo do sintético num cubismo revisitado com carga gráfica pessoal e intransferível...  Assim vejo o trabalho artístico de Carlos Scliar; pintor, gravador, desenhista, ilustrador, designer gráfico, cenógrafo e roteirista.  Scliar nasceu em Santa Maria, no Rio Grande do...

Os arquétipos e a humanidade - por Maurício Duarte

Os arquétipos e a humanidade   O que significa arquétipo?  Vem do grego: arqui=antigo, arcaico + typo=padrão.  Significando: padrão arcaico. O pensador Carl Gustav Jung denominou como arquétipos as manifestações desses padrões fundamentais e recorrentes em mitos, religiões, folclore,...

Meditação e Liberdade - por Maurício Duarte

Meditação e liberdade   Pensar com os seus próprios pensamentos, caminhar com as suas próprias pernas, ver com os seus próprios olhos.  Isto é meditação.  E por que muitas pessoas não querem isto?  Porque traz responsabilidade, porque traz incômodo interno e externo. Todos ou...

Pontas soltas - por Maurício Duarte

Pontas soltas   A narrativa das nossas vidas, por vezes, se apresenta com pontas soltas.  Será isto sempre negativo?  Será isto um defeito ou uma qualidade? Pode ser algo positivo?  Na verdade, uma narrativa inconsistente só demonstra o que temos que digerir de modo mais...

Pai Eterno, eterno pai - por Maurício Duarte

Pai Eterno, eterno pai   Mesmo que o mundo diga que não, mesmo que os tempos sejam moucos, sei que meu pai sempre será o pai; Pai, que eterno, não deixa de sê-lo se ninguém acredita mais nele...   O trabalho e o valor do trabalho, mesmo quando nos tiram este mesmo trabalho... Seis dias...

Consciência plena - por Maurício Duarte

Consciência plena   A multidão, a massa, a turba nunca experimenta a consciência plena.  Esta faculdade é reservada aos indivíduos, a cada um, sozinho com Deus.  Por que isto ocorre? Talvez a resposta a esta pergunta passe pela noção de que a verdade não pode acontecer a todos; a...

Vida digital X Vida espiritual - por Maurício Duarte

Vida digital X Vida espiritual   O dia-a-dia não deixa espaço para uma vida espiritual, muitas vezes, e somos levados de rede social em rede social ou de aplicativo em aplicativo sem maiores meditações ou contemplações...  A vida digital com suas garras e tentáculos invade o cotidiano de...

A espetacularização da vilania - por Maurício Duarte

A espetacularização da vilania   É estranho e extremamente negativo o que se passa com a mídia em geral com relação a novelas, filmes, séries e mini-séries de entretenimento pop e de massa nessas narrativas de histórias com personagens maus, de uma maldade, às vezes, até absoluta e que parecem...

O começo é tudo - por Maurício Duarte

O começo é tudo   Precisamos mais de oração e meditação do que de alimento e de descanso no sono.  Quando compreendermos esta verdade de modo pleno, não só teremos consciência ampla de que necessitamos orar e meditar, mas efetivamente, iremos querer orar e meditar. Qual a vontade de Deus...

Alegrias e Dores - por Maurício Duarte

Evitar ou fugir das dores e valorizar ou exaltar as alegrias não é ser hedonista; é natural, é humano.  Desde que não exageremos.  Mas não podemos esquecer que, o contrário, valorizar e exaltar as dores e evitar ou fugir das alegrias é fanatismo e/ou masoquismo.  Os dois extremos são...

Vivendo a partir de impressões - por Maurício Duarte

Vivendo a partir de impressões   Parece que a situação é assim...  Quer me parecer que isto é desse modo...  Parece a mim que o caso é este...  A expressão inglesa ou extensamente utilizada pelos ingleses: It seems..., foi – e é, às vezes, ainda – largamente usada entre nós,...

Minha mãe - por Maurício Duarte

Minha mãe   Minha mãe é uma mãe de corpo e alma...  Quando eu era criança e eu colecionava os gibis e as revistas de histórias em quadrinhos, ela comprava sempre e me dava dinheiro para comprar.  Os super-heróis povoavam a minha imaginação e ela dizia: “Vai comer revista.”  Eu...

O poder criativo e criador da arte - por Maurício Duarte

O poder criativo e criador da arte   O mundo precisa de arte!  O mundo precisa de arte... O mundo precisa de arte?  A sentença pode ser dita destas três formas, a afirmativa, a subjetiva e a interrogativa ao mesmo tempo e, nas suas três formas, suscitar inquietações igualmente...

Estudo, trabalho e espiritualidade - por Maurício Duarte

Estudo, trabalho e espiritualidade   Esforçar-se é louvável, digno e honrado em quaisquer circunstâncias dos estudos e do trabalho.  A rigor, quem aprende, quem estuda para aprender, tem, de acordo com o próprio tempo destinado, a colheita em forma de conhecimento elevado ou...

Triste é ver que se vendem por tão pouco... - por Maurício Duarte

Triste é ver que se vendem por tão pouco...    Muitos se vendem por um lugarzinho ao sol, outros por 1 bilhão de reais... Tudo isso é muito pouco... Tanto o lugarzinho ao sol quanto o 1 bilhão de reais. Ter caráter é algo que já foi desmascarado por iluminados.  Mas a conduta...

A arte visionária e o uso ou não de psicoativos - por Maurício Duarte

O uso de drogas destrói a dignidade humana.  Isto é ponto de comum acordo entre profissionais de saúde e espiritualistas.  As exceções à essa regra seriam o Santo Daime e a União do Vegetal, bem como o uso de ayahuasca em contextos estritamente religiosos e espiritualizados com...

Informação, conhecimento e espiritualidade - por Maurício Duarte

Informação, conhecimento e espiritualidade   A Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro contava em 1996 com 8 milhões de volumes, mais ou menos, e mantinha o posto de a 8ª. Biblioteca do mundo em importância. Por mais vasto que fosse ou que seja hoje o seu acervo não chega nem perto da...

Cartas fora do baralho... - por Maurício Duarte

Cartas fora do baralho...   Povos inteiros... nações... são cartas fora do baralho... Luto por aqueles que nada são e nada serão é pouco...  Se os governantes são o reflexo de um “imaginário espelho” espiritual de um povo, do que aquele povo produziu de “melhor” naquele período de...

Escolha e seja feliz - por Maurício Duarte

 Escolha e seja feliz   Há dois caminhos em termos de espiritualidade real e religiosidade verdadeira.  Você pode ter esperança e acreditar realmente que é uma virtude, que  é uma bem-aventurança e, por acreditar, tornar-se bem-aventurado de verdade.  “O Espírito pousa...

Simbologias - por Maurício Duarte

Simbologias   O símbolo é diferente do signo que, por sua vez, difere do índice, bem como este último difere do símbolo.  Também há diferenças entre o emblema e o símbolo.  A Bíblia é um emblema, de acordo com Helena Petrovna Blavatsky. A cruz ansata é o símbolo da vida eterna, assim...

A doença como norte não é o que precisamos - por Maurício Duarte

A doença como norte não é o que precisamos   Segundo Alan Watts em A cultura da contra cultura . Transcritos editados, um autor  antigo, é verdade, mas que continua atual, “ao que se refere à mente humana, sabemos tanto quanto sabíamos sobre a galáxia em 1300. [...] Nós não sabemos como a...

Natal de esperança - por Mauricio Duarte

Natal de esperança                   Todo Natal nos perguntamos quando o espírito natalino irá fazer valer o nascimento do Salvador, Jesus Cristo e, nos trazer a paz tão sonhada na nossa cidade, no nosso país, no nosso...

Jornada ao interior - por Maurício Duarte

Jornada ao interior   “Não sou cristão, nem muçulmano, nem judeu, nem zoroastriano; não sou da terra nem dos céus, não sou corpo nem alma...”  Rumi Acolhemos a presença da luz quando ela nos apresenta sua florescência, seu brilho que são divinas?  Estamos abertos ao Divino Espírito...

Unificação e integridade do ser humano - por Maurício Duarte

Unificação e integridade do ser humano                   Por que a fragmentação é moeda corrente da nossa atualidade? Por que razão tendemos a seccionar – não só nosso conhecimento, o que pode ser útil até certo ponto –...

Gaia somos nós, nós somos Gaia - por Maurício Duarte

Gaia somos nós, nós somos Gaia   O planeta somos nós, a natureza somos nós, o cosmos somos nós.  Fazemos parte dessa quantidade incomensurável de matéria orgânica e inorgânica que se espalha pelo universo conhecido e desconhecido, com formas de vida e de não-vida que nem mesmo ousamos...

Caminhada espiritual - por Maurício Duarte

Caminhada espiritual   Por que negligenciamos tantas vezes nossa caminhada espiritual?  Temos uma caminhada espiritual?  Por que tantas vezes deixamos de lado nossos exercícios espirituais e/ou religiosos?  Nossas obrigações e compromissos materiais não raramente merecem maiores...

Os três pilares fundamentais na vida - por Maurício Duarte

Os três pilares fundamentais na vida   Existem tríades de muitos níveis, de muitos tipos e de muitas instâncias: A Santíssima Trindade com Pai, Filho e Espírito Santo; a verdade, a beleza e o bem na poesia antiga; as Três Joias do budismo e por aí vai. Gostaria de falar sobre uma tríade que me...

Correlações entre sistemas esotéricos - por Maurício Duarte

Correlações entre sistemas esotéricos                   Existe uma harmonia oculta em cada sistema esotérico, seja Cabala, Tarô, Astrologia, Numerologia ou qualquer outro.  Filosofias muitas as ligam, como...

O ritmo natural - por Maurício Duarte

O ritmo natural                  Criar condições para estabelecer um ritmo natural de atividades, descanso, lazer e trabalho é um problema para você?  Viver um bem-estar em constante plenitude e cadência regular é...

O início e o fim - por Maurício Duarte

O início e o fim   Não existe fim nem começo na cosmogênese do universo.  Só há a continuidade eterna.  No ápice do início está, em semente, o germe do fim e no fundo do poço do final está guardada a pequenina luz de um novo amanhecer. Tudo se move em ciclos cósmicos e são...

Ideais elevados - por Maurício Duarte

Ideais elevados   Moralistas inveterados – não qualquer moralista – ou pessoas muito heroicas – não qualquer herói – podem dizer que ideais, valores e anseios elevados são a base da justiça, da liberdade e até da própria vida.  Por outro lado, grandes filósofos – não qualquer filósofo –...

29 de julho em São Gonçalo - RJ - Lançamento do livro Vozes que calam do autor Mauricio Duarte

  Vozes que falam, mas não são ouvidas.  Vozes que não falam, abafadas.  Vozes que falam tão alto que calam todas as outras.  Essas são as vozes que calam de Mauricio Duarte.  Vozes de um tempo que deixou de ouvir, um tempo que só vomita informação numa mídia que sobrepõe...

Identidades irreconhecíveis - por Maurício Duarte

Identidades irreconhecíveis   Se eu não me reconheço no outro, no próximo, não me reconheço na minha própria pessoa também.  Partindo dessa premissa, podemos colocar alguns pontos de concordância e divergência quanto a esse “reconhecimento”. Quando um estrangeiro vem nos interpelar a...

Entre a parcimônia e o existencialismo - por Maurício Duarte

Entre a parcimônia e o existencialismo                   Viver a 100 por hora, aproveitando tudo e todos em grau máximo, sendo um produtor profícuo no trabalho, e, também, ser um bon vivant de grandes celebrações e...

Protesto mudo - por Maurício Duarte

Protesto mudo   Toda vez que se sentir ultrajado, vilipendiado ou tolhido nos seus direitos como cidadão é justo protestar. Os direitos humanos existem para serem respeitados.  Mas há quem proteste contra os céus e contra Deus. Seria esse o melhor caminho para reencontrar o bom...

1 | 2 | 3 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor