Mídia, benção ou maldição - por Rogério Araújo - Rofa

Mídia, benção ou maldição - por Rogério Araújo - Rofa

Mídia, bênção ou maldição?

 

Rogério Araújo (Rofa)*

 

            Vivemos na corda bamba ao nos depararmos com diversos meios de comunicação que formam a mídia e que traz os mais variados aspectos tanto positivos quanto negativos na vida de todos. Ainda mais para os cristãos.

E como conviver com ela de uma maneira que não cause maiores danos à nossa existência? É preciso que usemos alguns “filtros”, mas não qualquer um e humanos, mas os “filtros divinos” para, em estado de alerta, percebermos o quanto pode causar perigosos efeitos. 

“Mídia, bênção ou maldição?” é o título do livro que Deus me inspirou que escrevesse, provocando uma discussão sobre esse tema relevante, atual e causador de grandes males e benefícios ao mesmo tempo.

            O livro fala em cada capítulo de uma mídia. Debatendo o assunto de forma bem objetiva, com exemplos atuais.

            A mídia impressa foi determinante as pregações da igreja e atuação política, para difundir ideias. Jornal e revista é maldição quando usado para manipulação e bênção quando informa e se torna a voz do povo.     

            A rádio é um dos meios de comunicação de massa. Pode ser uma grande companhia em momentos a sós das pessoas e fonte de debates, de calorosas discussões, e também de culto, palavras de conforto.

Novelas, esportes, notícias, reality show... quanta coisa boa e ruim ao mesmo tempo. A TV é uma “caixinha de surpresas”. Um meio de união e, também, de desunião da família. É preciso filtrar o que vê na TV. Quando o “social” é mostrado na telinha aumenta as doações, procura a tratamento médico e, desperta para o amor ao próximo. 

O cinema se transformou em algo grandioso. Uma diversão apaixonante quando em grupo ou a dois. A “sétima arte” é maldição quando induz ao expectador e bênção quando emociona, sendo uma diversão sadia.

            Hoje em dia não dá para viver sem internet. A maldição começa quando erros éticos e morais são cometidos, via computador, como se fosse algo normal e a bênção quando ajuda o dia a dia. Ainda mais em tempos de redes sociais, do Face, onde tudo vai parar para que todos saibam.      

            A propaganda está presente em todas as mídias e pode “vender” o produto mesmo que faça mal à saúde como bebidas e cigarro. É maldição quando induz e apela demais e bênção quando é útil, social e alegra seu público. 

            E, será que estamos ouvindo, lendo, assistindo, acessando, frequentando ou sob persuasão positiva ou negativa mediante as mídias que somos expostas? A Mídia para você tem sido bênção ou maldição? Reflita e responda para si mesmo!

 

 

* Escritor, diácono e ministro de comunicação da IB Neves, São Gonçalo (RJ), autor do livro “Mídia, bênção ou maldição?”, Quártica Premium/Litteris Editora, lançado na XV Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro (2011), Feira de Frankfurt (Alemanha, 2013), Salão de Imprensa e Livro de Genebra (Suíça), Expo América de Nova Tork (EUA) e vencedor do Prêmio Interarte – categoria: melhor documentário religioso, da Academia de Letras de Goiás (ALG); jornalista, publicitário, escritor.

Para adquirir o livro e convites para palestras, pregações e estudos sobre este e outros temas: Telefone: (21)98473-2204, E-mail: rofa.escritor@gmail.com e Face: Rofa Rogerio Araujo

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor