Minha Língua - por Ana Maria dos Santos

Minha Língua - por Ana Maria dos Santos

Minha língua

Minha língua lambe palavras arredias

Lambe faíscas em teus olhos inflamáveis

Lambe estrelas cadentes

Lambe o espaço entre os teus dentes

Lambe o vazio do tempo

E não sai de dentro

Daquele outro tempo que me deste infinito

Lambe borboletas que vagueiam em teu destino

Tropeça em tuas coisas tristes

Minha língua está plantada em tua pele

Como erva cresce

Em tuas terras férteis

Minha língua não te deixa em paz

Até que te sacies

Conheça o doce, salgado, acre do teu céu

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor