Mulher ao Volante - por Antonio Eustáquio Marciano

Mulher ao Volante - por Antonio Eustáquio Marciano
MULHER AO VOLANTE
 
Eu ouvia falar que mulher ao volante
Era sempre um perigo constante,
Mesmo sem fundamento bastante,
Era uma constatação empolgante,
E, pra mim, verdade excitante.
 
O tempo tornou-se um informante:
Isto era machismo arrogante.
Que ela, criteriosa estudante,
Dirige melhor qualquer Possante,
Do que o homem petulante.
 
Constatação importante
É que, nas ruas, a todo instante
Há um veículo, itinerante,
E um marmanjo idiota, ao volante.
Isto sim é perigo constante.
 
Em vez de falar tal desplante,
Melhor é dizer, doravante,
Que ela, no ônibus, circulante
Ou no caminhão, viajante,
É uma excelente comandante.
 
Salve a mulher atuante!
A exaltemos, doravante.
No nosso mundo mutante,
Sua presença elegante
Torna tudo emocionante.
 
(do livro Bico de Pena, de nossa autoria)
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor