Na verdade, sentes sozinho muitas coisas - por Francilangela Clarindo

Na verdade, sentes sozinho muitas coisas - por Francilangela Clarindo

 Na verdade, sentes sozinho muitas coisas

 
Quantas vezes nos sentimos diminuídos e achando que o outro nos vê negativamente. E nem é! Pode ter certeza de que eu muitos dos casos, o outro nem te vendo está! Daí a surpresa quando encontramos alguém dizer impropérios sem nem supormos o motivo de tal atitude. Ora! ele pensou sabe-se lá o quê que pensávamos. E eu sequer o havia visto! Pensar que pensam mal de nós faz com que ajamos como palhaços. Tomamos atitudes drásticas, ridículas, por sentirmos o que não existe! Deixe em paz o outro! ele não está pensando mal de você, nem te vendo, sequer pensando em ti. Está cuidando da própria vida apenas, e isto toma muito tempo. E sabe que mais? Ame-se! Não se importe com que o outro pensa ou deixa de pensar. Viva de acordo com o que te faz bem. Namastê!
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor