Não Raro - por Ione Kadlec

Não Raro - por Ione Kadlec

NÃO RARO

 

Não raro,

Vejo seres celestiais adornados de plumas

Os caídos. Escuridão total

Não podem mais enxergar

O brilho do mais puro metal

Não raro,

O mal sempre constrói casas em terrenos

De outros, baldios ou vazios: assim pensam muitos!

Nunca onde estamos

Posto que somos o próprio sol!

Pois o bem que ergue a minha carne

Alimentando-me de sublime bondade

É um bem de dupla face

Num mundo tão desigual

Que pena!

Nesta terra, de deuses, habitada por seres imortais.

Repletos de bondades individuais

Procuro, de quando em quando, um ser imperfeito.

Que, comigo, confesse ser um pobre mortal.

 

Tela: Watercolor Paintings - Mia Feigelson's FB Gallery
By Jyhrong Pan, from Taiwan - - watercolor - (2002)

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor