O Acordar - por Tito Mellão Laraya

O Acordar - por Tito Mellão Laraya

O ACORDAR!

 

Liberto-me das amarras do passado, para buscar na brisa leve da manhã a semente que vem dançando no ar, e plantá-la na minha alma cheia de esperança a planta que frutificará o meu futuro.

 

Ao acordar medito depois de ler o evangelho, e sobre o texto lido elevo minha alma a mais não poder, e sobre as possibilidades do ali escrito penso a não poder mais.

 

Vejo que são tantos os desdobramentos, e tantas as conclusões sobre a minha vida e o futuro que vai ser que me elevo ao tudo, pensando em nada.

 

Neste momento chego à conclusão do porque o nada é tudo, pois quando se esvazia o espírito das coisas mundanas, eleva-o para as divinas, seu corpo preenche-se de energia, sua alma de alegria, um sorriso estampa-lhe nos lábios, e a alegria infinita de estar vivendo um momento de comunhão de si com algo maior assola o seu ser.

 

Abro a janela do meu quarto, ainda é noite, quero sentir no rosto o frescor da brisa, quero ser leve como ela, palpitar as minhas aspirações, agora elevadas pela oração matinal, e em um torpor começo o meu dia com certeza que ele será mais feliz.

 

Olho o meu relógio, vejo que é muito cedo ainda e volto a dormir! Mas quem diz que consigo...

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor