O ano que vai e o ano que chega - por Tito Laraya

O ano que vai e o ano que chega - por Tito Laraya

O ANO QUE VAI E O ANO QUE CHEGA

 

         Acabou-se o Natal e o mundo continua em festa. O período festivo só terminará em Reis, quando se comemora a visitação do Messias por todos os povos da terra, e o cristão sabe, no fundo do seu coração, que a boa nova é para todos.

         Entre uma comemoração e outra há a passagem do ano civil, nesta festa faz-se o balanço das experiências que foram, e projeta-se a expectativa sobre as vindouras.

         Eu fui criado no interior, e a agricultura faz parte da minha cultura; quando se termina uma lavoura se ara a terra, renovando o solo para a que virá, e semeiam-se as esperanças na terra removida.  Muitas vezes a adubação daquela plantação que foi, auxilia na brotação da que virá a vida não é diferente.

         Deve-se encarar as experiências amargas, as dificuldades, como um adubo, uma experiência a mais, que auxilia na esperança de uma boa colheita.

         Se só olhar-mos o hoje, sempre olharemos para o chão, na roça é assim, e teremos sempre a cabeça baixa, sem ver-mos a chuva que virá a esperança que brotará de nossas idéias, e a certeza de estar-mos construindo um mundo melhor, só consegue isto quem olha para frente, para o horizonte, para o futuro e procura no amanhã a razão do existir agora!

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor