Ó liberdade! - por Daniela Gebelucha

Ó liberdade! - por Daniela Gebelucha

Ó Liberdade!

 

Em busca de uma identidade

O que é ser, na verdade?

Não passa dessa simetria

Queria poder nessas entrelinhas

Tocar-te, ó Liberdade,

Em pensamento

E saber que cada momento

Que vivemos às escondidas,

Ora audáz, ora sem medo,

Ora partilhando os mesmos segredos!

Hoje neste abandono,

Nesses caos urbano!

Cão miserável,

Cão sem dono,

Peregrinando pelas calçadas

Nas ruelas esburacadas,

Sem carinho

Vai latindo pelo caminho!

Quem dera, embriagar-se

Nos teus braços, ó Liberdade,

Usufruir de suas virtudes

Esquecer todas as maldades,

Caminhar com segurança

Em plena tempestade!

Nos anseios de outrora

Hoje grita, perdendo a hora,

Sem você, ó Liberdade,

É difícil viver a verdade!

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor