O poema original - por Noka

O poema original - por Noka

O poema original

 

Nativo do poeta é o poema

Que em si nasce a cada letra

Nascido e crescido se faz

Oriundo da ponta da caneta

Sentindo a cada verso

Um filho de um mar imenso

E contra tempestades e marés

Faz nascê-lo em casco de navio.

Nativo do poeta é o poema

Naufragado e com a alma em desvario.

 

Nativo do poeta é o poema

Que nasce em parte incerta

A cada canto do mundo

A poesia torna uma mente aberta

Alimenta fomes vorazes

Dom que o poeta tem sem saber

Não há renúncia que o negue

Ou pecado de gula em escrever.

Nativo do poeta é o poema

Repasto de quem o colher.

 

Nativo do poeta é o poema

Compreendido ou adulterado

Interpretado à maledicência

Outras vezes acarinhado

Entende o poeta que escreve

E faz perceber quem o lê

Que o mundo pode ser redondo

É com essa forma que ele o vê.

Nativo do poeta é o poema

Que quando escreve, antevê.

 

Nativo do poeta é o poema

Que traz consigo a chama eloquente

Da letra, da palavra e do verso

Com quem vive intensamente.

 

Veste as palavras nuas

Com o tecido do seu pensar

Em poesia é estilista

E a moda define o seu olhar.

 

©Noka [Homenagem a Ary dos Santos in COMIGOS DE MIM]

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor