O primeiro dia para o restante de nossas vidas - por Lilian L. Fernandes

O primeiro dia para o restante de nossas vidas - por Lilian L. Fernandes

O primeiro dia para o restante de nossas vidas

 

O primeiro dia para o restante de nossas vidas é hoje! Ontem, já não existe e amanhã não sabemos se virá...o que nos obriga a escolher entender essa máxima de hoje e vivê-la plenamente... plenamente!

Ao findar o ano que já ficou no passado também, votos e promessas de ano novo foram lançadas junto as lágrimas emotivas da frase feita e repetidamente assertiva “Feliz Ano Novo”. Objetivos foram estabelecidos e sonhos renovados, outros tantos surgiram em meio aos fogos e comilanças da ceia.

Eis aí um grande momento para o exercício da reflexão, da renovação até mesmo. No entanto, esse mesmo momento tem se repetido ano após ano como um ritual religiosamente preparado e consagrado ao ano que se inicia: Um ano novo!

Mas, o que é um ano se não tão somente a organização temporal de uma sociedade? A resposta para esta pergunta, para que não siga o óbvio cronológico, está justamente em nós mesmos, dentro, no mais profundo íntimo de cada um.

Cada um é responsável pelas delícias e também pelas dores que viverá em seu ano... esse ano sonho, ano magia, ano resposta, ano novo enfim!

O que será, o que já é, o que está se construindo, tudo está relacionado apenas as escolhas que cada um fará, ou já fez para esse tempo que esperasse que seja novo, até que já esteja tão velho a ponto de causar ansiedade pelo seu término e expectativas exacerbados por novamente, sempre e constante, outra oportunidade com mais 365 dias... e é assim, um ciclo!

Por mais que possamos acreditar que não temos escolha alguma sobre este ou aquele aspecto de nossas vidas, na verdade, e é absolutamente verdade, temos! Escolhemos o tempo todo, escolhemos inclusive, escolher. Podemos ainda escolher acreditar nisso!

Se escolhermos acreditar, então podemos escolher vencer. E se escolhermos vencer, precisamos escolher os caminhos, as ferramentas e os sentimentos que nos conduzirão por este caminho de vitória.

Fazer melhores escolhas, pautadas em nossa própria responsabilidade quanto ao sucesso ou o fracasso, é o que determinará nossa realização ou derrota ao findar o ano. É o que vai fazer com que brindemos o próximo ano novo com a certeza de que o ano que passou foi maravilhoso ou não.

É claro que haverá pedras no caminho, dias cinzentos, chuvas e alagamentos de emoções, sentimentos e problemas. Mas também a maneira como lidaremos com tudo isso é uma escolha.

Sem dúvida queremos percorrer esse caminho por uma estrada segura e clara, limpa, com ruas floridas e enfeitadas. Para isso, precisamos antes escolher fazer esse percurso cantarolando, recolhendo o lixo e o jogando fora, deletando tudo e todos que não compactuam com a mesma decisão de escolher vencer e principalmente definindo onde se quer chegar.

Não é uma receita mágica, mas é um planejamento que tem tudo para dar certo. O fato de não estar mais como “Alice”, ora grande, ora pequeno tentando encontrar um caminho para um lugar que pode levar até a perda da própria cabeça, num mundo de maravilhas imaginárias, ah, isso já é uma escolha maravilhosa!

Temos um lugar para chegar, temos um caminho para percorrer, busquemos os melhores trajes que são a alegria, os sorrisos que as expressam e as certezas de que esse ano será realmente novo.

Malas prontas para a caminhada, tudo preparado? Então vamos embora! Estamos de partida!

Ano novo, escolhas novas, vida nova!

Afinal, o primeiro dia para o restante de nossas vidas é hoje!

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor