O Sexto Sentido - por Ruby Redstone

O Sexto Sentido - por Ruby Redstone

O SEXTO SENTIDO

 

Para os incrédulos e cépticos,

Algo que não faz sentido;

Conceito tanto descabido,

Na esfera miúda dos práticos.

 

Para os românticos e amantes,

É a primeira impressão:

Amor à primeira vista,

A química que rola bem antes.

 

Alguns viajam nas asas da imaginação:

Sentem tanto que até choram,

Ou previamente comemoram,

Pelo trem que nem chegou à estação.

 

Algo que o intelecto transcende,

E a ciência não pode explicar;

Trata-se de fé nada secular,

E o povo em geral não entende.

 

Dizem que é nato do sexo feminino;

Por isso elas pressentem, são necromantes,

Não toleram vizinhas – pior contra amantes;

Mas se apaixonadas perdem o tino!

 

Se o dito for muito intenso,

O dito tal poderá servir como definição;

Mas deve superar o óbvio, a convicção,

Ser coerente e fazer senso.

 

Se o sexto sentido for o amor,

Tudo se torna mais tangível;

Pois o amor divisa o invisível,

Aproximando-nos do Criador!

 

[Poesia do livro “Os Cinco Sentidos do Amor” – 
de Ruby Redstone, rubyredstone1@hotmail.com © 2014].

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor