O Tesouro - por José Lopes da Nave

O Tesouro - por José Lopes da Nave

O TESOURO

 
 
 
Na praia dourada,
 
pelo mar encaminhado,
 
se aquietou um tesouro,
 
tesouro que muito me alegrou,
 
pois trazia novas do meu amor,
 
de mim afastado por intempéries
 
que me apartaram.
 
As marés, minhas amigas
 
e protectoras o conduziram
 
a mim, para sossego meu
 
que inquieto andarilhava o dia
 
na espera desesperada
 
de um doce amanhecer
 
com sol raiado a florescer
 
e o ondeado mar de alvura prateada
 
a me deleitar.
 
 
 
 
 
 
O TESOURO
 
 
 
Na praia dourada,
 
pelo mar encaminhado,
 
se aquietou um tesouro,
 
tesouro que muito me alegrou,
 
pois trazia novas do meu amor,
 
de mim afastado por intempéries
 
que me apartaram.
 
As marés, minhas amigas
 
e protectoras o conduziram
 
a mim, para sossego meu
 
que inquieto andarilhava o dia
 
na espera desesperada
 
de um doce amanhecer
 
com sol raiado a florescer
 
e o ondeado mar de alvura prateada
 
a me deleitar.

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor