OlimPIADAS ou Terra adorada - por Rogério Araújo - Rofa

OlimPIADAS ou Terra adorada - por Rogério Araújo - Rofa

OlimPIADAS ou Terra adorada?

Rogério Araújo (Rofa)

 

E quase encerrando o ano 2016 em que, enfim, as Olimpíadas aconteceram no Brasil, de 5 a 21 de agosto de 2016! Foram sete anos para preparar o país para preparar o maior evento esportivo da Terra.

Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa, que encanta a todos com sua beleza incomparável e povo acolhedor com um humor único. Povo que mesmo não falando o idioma de todos os povos, parece entender e ser entendido.

E como se preparou para ser o anfitrião mundial? As instalações olímpicas, que logo deram problemas, já que nem totalmente acabadas estavam, mais pareciam com “jeitinho brasileiro” de resolver as coisas.

No Brasil acontecem situações jamais vistas e imaginadas em nenhum local. Por isso até ser um país único. País do futebol, do sol, das mulheres bonitas...

Piadas não faltaram com toda essa situação, até mesmo com o terrorismo que, segundo a sátira, não precisaria nem fazer nada contra o Brasil, já que o mesmo se encontra em estado avançado diariamente.

Como diz a letra do culto, famoso e emocionante hino nacional Ó pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!”. Será mesmo que existe, atualmente, toda essa “idolatria”? Ou essa está mesmo fadada ao dinheiro, corrupção e roubos para faltou tudo qualquer lado?

Um país onde a educação e a cultura são relegadas aos últimos planos, se os recursos sobrarem, bem como ao próprio esporte que não apoia e incentiva, não pode sagra-se campeão, no melhor sentido da palavra, que vai muito mais adianta que simples medalhas.

Em outro trecho do texto poético do Hino Nacional diz que Terra adorada, Entre outras mil, És tu, Brasil, Ó pátria amada! Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria amada, Brasil!”. Lindo e de arrepiar, mas que, na prática, observamos o quanto a maioria dos políticos parem até mesmo nem ter nascido nessa nação, já que a explora sem dó nem piedade. E até mesmo muitos do povo mesmo agem como se não o respeitassem como “solo és mãe gentil” de onde veio.

Mais parece que o amor pela “Pátria amada” existe única e exclusivamente quando assistimos do jogo de futebol do Brasil na Copa do Mundo ou às modalidades olímpicas, que nem sempre chegam ao pódio, devido aos problemas maiores que os apoios, mesmo que não falte a torcida brasileira que é emocionante.  

Se o Brasil soubesse a força que tem de verdade, não passaria pelo que passa hoje em dia e estaria numa posição bem mais de destaque em todo o mundo!

Será que as Olimpíadas serviram para tornar o Brasil e Rio de Janeiro com cento mundial de atenção ou foram mais uma “OlimPIADAS”, que serviram de chacota mundial e até mesmo dentro do próprio país, devido aos próprios organizadores não terem um trabalho sério que motive atitude diferente?

Essas ações citadas acima nada têm a ver com o “Gigante pela própria natureza” cantado pelo Hino Nacional. Parece que a nação é anã e possuí homens e mulheres à frente que o levam para trás e não o impulsionam para frente. Lamentável!

Mas mesmo vendo e sentindo na pele tudo que é feito contra o próprio país, o “gigante” não está derrotado. Precisa saber que pode reagir e fazer diferença no mundo.

O povo é acolhedor, esportistas dedicados e com diferencial único e a inteligência do brasileiro é algo reconhecido mundialmente, exceto pelos próprios governos que o faz.

Enquanto tivermos esperança no verde e no amarelo no dia a dia e não apenas em competições esportivas, nem tudo está perdido! É preciso fé que tudo vai mudar para melhor e que o nosso país é rico em todos os sentidos: rico em ideias, rico na cultura, rico nas paisagens que possui, rico no povo maravilhoso...

 Vamos viver para fazer o Brasil crescer e aparecer, porque “Verás que um filho teu não foge à luta” e nunca será derrotado, mesmo contra tudo e contra todos.

Salve o Brasil! Brasil! “Terra adorada/Entre outras mil,/És tu, Brasil,/Ó pátria amada!”.

 

Um forte abraço do Rofa!  

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor