Os Prédios - por Tito Laraya

Os Prédios - por Tito Laraya

OS PRÉDIOS

 

                   Da janela do meu quarto, ao nascer do dia, vejo os arranha-céus que insistem em roubar-me a visão do majestoso sol, e o céu tinge-se de vermelho, como que de vergonha ou de dor de não exibir-se por inteiro.

                   Mal sabe ele que dentro de cada janela daqueles edifícios, existem pessoas, e cada uma com uma história, uma paixão, uma vida, um porvir, um passado, que se esconde na clandestinidade da visão da manhã, e só brotará ao abrir a janela da alma de cada um.

                   Conta o texto religioso que o homem foi criado à imagem e semelhança do criador, e não o céu, ou o sol, e estas centenas de pessoas que se escondem nos prédios são imagens de Deus, que basta querermos conhecer para enriquecer nossa vida.

                   Já a psicologia diz que o homem faz um Deus conforme sua imagem e semelhança, e está no parecer com a divindade, seja ela criada ou importa a aspiração máxima de cada um.

                   Muitas vezes me pergunto se só sei escrever, aonde a criatura se parece como criador?

                   Pretendo que minhas palavras, minhas ideias, toquem a alma de quem as ler de uma forma única, de um jeito nunca antes acontecido, que as levem a pensar, sentir e sonhar!

                   E o que são os prédios?

                   Os livros onde elas estão!

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor