Os Projetos - por Tito

Os Projetos - por Tito

Por Francisco Mellão Laraya - TITO

 

Passo as noites acordado fazendo planos, vivendo ilusões lógicas sobre o dia de amanhã. Algumas vezes levanto-me em estado de graça apenas pela graça do estado, outras meu coração palpita aflito com o porvir, nunca desanimador, mas muitas vezes aflitivo.
Houve um momento que isto não era assim: dormia, acordava e trabalhava, jamais sonhava! Hoje sonho dormindo, acordado, em qualquer estado.
Hão de me perguntar: não tens pesadelos? Tenho-os, mas poucos!
As palavras só amedrontam, só engolem o ser humano, se proferidas por outro, se elas brotam tranqüilas ou não, nas folhas de um papel, guardam sua graça e sua beleza.
Minhas recordações são como um perfume velho, que está no fim, que acrescento álcool, para render mais, muda um pouco o aroma, fica mais leve, mas a fragrância continua a mesma!
Já o presente é sempre novidade, e mesmo quando falo do que já foi não o é sem surpresas, nunca imagino o que do que foi que ficou.
Vou levando assim minha vida, o meu porvir me assusta porque extrapola a minha expectativa, a lembrança do que eu era comparado com a imagem do que sou, deixa-me feliz.
Por isso durmo cedo, meu sono é cheio de paz, e madrugada a fora sonho com o que será, para acordar, e mais um dia: lutar!  

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor