Pedinte - por Antonio Montes

Pedinte - por Antonio Montes
PEDINTE
 
Meu senhor oh meu senhor! 
Me dá um din, din para mim?
Olhe para cá! Olhe eu aqui?!
Eu sou filho da rua... Passo fome
Tudo por ter nascido sem ninho
Nesse cruel mundo dos lobisomens
O meu pai que nunca vi
Certamente não foi homem.
 
Meu senhor... Nunca deixe o seu filho 
... Abandonado assim como eu!
Veja, eu quero apenas uma ajuda!
Eu já sei! O senhor não é Deus
Mas, por favor! Olhe me acuda?!
Não me deixe com fome assim.
 
Meu senhor oh meu senhor...
Eu não quero te ofender
Quero apenas que me dê
Uns míseros trocados pra mim?
Eu já sei... Que não fará falta a você
Mas talvez para mim, esse trocado...
Venha adiar o meu fim.
 
Meu senhor... 
Não demore com a sua entrega
Por favor! Dê-me uma pequena moeda?
Com ela eu comerei um bocado
E assim olharei com outros olhos
Esse mundo torpor... Irado.
 
Antonio Montes 12/08/14
 
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor