Pedra - por Ione Kadlec

Pedra - por Ione Kadlec

PEDRA

 

Sozinha.

Estreito labirinto

Brilho, não há.

Barata, vulgar

Inerte. Beira do Rio

Banhada por águas a correr

Silêncio espairecer

Jogada, parada, banhada.

Coberta de limo, tapete verde

Beijando-a. Deita-se.

Ali molhada, lambida.

Por diversos caminhos

Caminhos, Caminhos! - Grita o vento

A doer os rins

Árvores ao redor

Chora o mundo

Canta o redemoinho

Olhando, olhando

Manto de barro

Sopro estalos

É o mundo!

Deitado, agonizando.

E a Pedra? – pergunta o passarinho

Cansada.

Rolou para o Rio.

 

Fotos: Reprodução/Twitter(David Quentin - @_RocksInTheSky)

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor