Poeta incompreendido - por Ajomar Santos

Poeta incompreendido - por Ajomar Santos

Poeta incompreendido

 

Eu escrevo com o coração

Tantas palavras para te emocionar,

Mas eu só quero te ver sorrir,

Não faço versos para te ver chorar...

 

Eu sei que às vezes exagero demais,

Às vezes até critico o teu jeito de ser,

Mas o problema é que enquanto exponho

Os meus sentimentos,

Sou um poeta incompreendido por você...

 

Você diz que lê os meus poemas,

Mas não sente nenhuma emoção,

É porque você lê com os olhos,

E os meus versos

São para se ler com o coração...

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor