Psiu! Meu Coracão - por Antônio Montes

 

Cala-te o meu coração
não chore pelo presente ausente
enquanto o futuro nos espera
e nos faça menos inocentes
Não clame por alvoroço
deixe-me quieto em minha solidão
pois com ela poderei sonhar
e dar asas as fantasia de minha paixão.


Cala-te o meu coração
escute ao menos o silencio
a sua clamura me faz cego
e todo o clima fica propenso
Deixe um pouco dessa lagrima
para que venha derramar-se amanhã
assim meus olhos não secarão
e eu posso sorrir sobre o divã.


            Cala-te o meu coração
            para que eu possa entender
            se a razão desse seu clamor
            é a esperança para o meu viver
            Não deturpe as imagens
            gravadas na minha mente
            arriba, arriba esse teu astral
            deixe de ser tão inocente.

A.Montes 16/01/14

 

publicado em 27/01/2014

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor