Quem sou eu - por Cassiane Santos

Quem sou eu - por Cassiane Santos

 

Quem eu sou

 

Posso ser um homem ou uma mulher

Que anda sem destino pelas ruas da cidade

As pessoas passam por mim

Mais para elas sou invisível

Dormir é um artigo de luxo

Que não posso me presentear

Viver é um milagre

Sonhar há isso não existe para mim

Roupas sujas

Pés descalços

Feridas abertas

Sem esperança

Sem amor

Dependo da caridade das pessoas

Uns me olham com piedade

Outros com desprezo

Vejo as pessoas andando com rapidez

E se queixando da vida

Elas têm casa

Um coberto para se aquecer nos dias frios

Tem comida fresquinha e saborosa

Para se alimentar

Quanto a mim

Eu tenho que comer sobra do lixo revirado

Eu gostaria que a sorte batesse na minha porta

Mais acho que até ela foge de mim

Ninguém quer por perto uma pessoa como eu

Chamam-me de vários nomes

Uns me chamam de vagabundo

Outros de podre coitado

Mais tem aqueles que me chamam

De Mendigo de rua 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor