Rafael Santos - Entrevistado

Rafael Santos - Entrevistado

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Salobro, cidade da Bahia, é cenário do livro "Esperança não mata" 

 

Rafael santos de Souza, nasceu no dia 24 de outubro de 1967 em um Sítio, no Distrito de Ubiraitá- Andaraí – BA. O mais velho dos 13 filhos de Lourisvaldo José de Souza e Sirzina Amélia de Carvalho,(in memoriam).

Ele começou a trabalhar na roça com seis anos e aos oito ser alfabetizado no Sítio vizinho. Aos 11 anos mudou com sua família para Salobro de Canarana-BA, onde mora até hoje.

Por dificuldades financeiras, ele só tem o ensino médio (magistério professor nível I). Hoje ele é Agente Comunitário de Saúde, participa do Conselho Pastoral Paroquial como coord. do Terço dos Homens e da coordenação estadual do CEBI (Centro de Estudos Bíblicos).

Lançou seu primeiro livro “O Menino Negro” em 2012 que já vai pra terceira edição e por causa dele participou da Bienal Internacional do livro de São Paulo em 2014. Em setembro desse ano publicou o seu segundo livro “Esperança Não Mata”. O terceiro livro, chamado “O Filho de Maria” já está pronto. Gosta de escrever cordel e algumas músicas, além de ser locutor. Ele é casado com a professora Célia e pai de três filhos.

 

“O segundo ponto é como os personagens parecem ser reais e vivem aqui em Salobro, quem já leu está querendo saber quem é.”

 

Boa Leitura!

 

 

Escritor Rafael Santos é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor, conte-nos em que momento pensou em escrever “Esperança Não Mata”?

Rafael Santos - Em primeiro lugar, quero dizer que o prazer é meu. Quanto ao livro, foi um sonho de mais de trinta anos, mesmo eu tendo lançado O Menino Negro primeiro, o meu grande sonho sempre foi Esperança Não Mata e ele nasceu no meio da roça e do Lajedo enquanto trabalhava. Como vocês viram, eu era agricultor. Quando faltava trabalho na roça, quebrava pedras e para fugir um pouco dos sofrimentos, inventava histórias, coisa que sempre tive facilidade de criar. Foi aí, entre os anos 84 e 85 que começou a nascer o livro. Em 88 eu escrevi uma parte que se perdeu e há três anos eu concluí. Um fato curioso é que crio primeiro as histórias na minha cabeça, depois eu ponho no papel.

 

Que temáticas estão sendo abordadas nesta obra literária?

Rafael Santos - É uma história que vai te convidar a pensar sobre os seguintes temas: Perseverança, misericórdia, justiça, política, a ganância pelo poder, religião, preconceito, trabalho escravo, o verdadeiro amor ao próximo, o que é eclampsia, transplante de rins, a estrutura familiar e em especial a forma que tratamos um ex-presidiário.

 

Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através do enredo que compõe o livro?

Rafael Santos - Como o próprio título já diz: Uma mensagem de esperança, perseverança, fé e coragem para lutar pelos seus sonhos e por justiça, mesmo que pareçam difíceis e impossíveis.

 

Descreva “Esperança Não Mata” em duas palavras

Rafael Santos -  Sonho realizado.

 

O que mais o encanta nesta obra?

Rafael Santos -  Eu sou suspeito para falar, mas o livro todo me encanta. Como ele é uma novela, tem muitos personagens com muitas histórias.  A primeira coisa que me encanta é como consegui misturar essa história. Cada uma com suas características, com seu começo, meio e fim.  Depois, por amor e agradecimento a Salobro não criei cidade fictícia, a história é narrada aqui. O segundo ponto é como os personagens parecem ser reais e vivem aqui em Salobro, quem já leu está querendo saber quem é.  O terceiro ponto é como eu consegui misturar todos aqueles temas acima sem se tornar cansativo. Por último, Edinho, o personagem principal, que do mesmo jeito que aparece como um rapaz imaturo, indefeso, reaparece como um homem forte capaz de proteger e conquistar uma mulher.

 

Deixe-nos um trecho do livro

Rafael Santos - É meio-dia de  uma manhã de quarta-feira no mês de agosto.

Numa fazenda a mais ou menos seis quilômetros de um distrito chamado Salobro, que fica a quase setenta quilômetros de Irecê, debaixo de um sol escaldante,um grupo de vinte pessoas trabalha, quebrando milho, em uma roça cheia de carrapicho, conhecido como bosta de baiano.  A fome e a sede aumentam, pois merendaram às nove horas da manhã e a água que trouxeram  não está fria. O ritmo de trabalho, mesmo sem querer, diminui. Mas precisam ganhar forças para continuar, pois terão que trabalhar até duas da tarde.

Entre o grupo  encontra-se Edinho, um rapaz de 18 anos, cujo sonho é ser um grande atleta. O  que  mais deseja é vencer a corrida de São Silvestre,  só não sabe como fazer para treinar sozinho, sem as condições adequadas. E a única maneira que encontra para treinar é correr de casa até a roça toda manhã, e hoje não foi diferente. Por  isso, seu corpo está gritando de cansaço. Mas ele não se importa, pois sabe que só assim sua vida vai melhorar e  poderá conquistar sua amada.

Ele é tirado de seus devaneios por um grito de Miro, o empreiteiro:

_ - Acorde, rapaz, e trabalhe mais rápido! Está parecendo uma tartaruga. Vamos, vamos! - e  passa adiante em direção aos outros...

 

Onde podemos comprar o seu livro?

Rafael Santos - Meu livro é uma produção independente, por isso a minha luta. Aqui em Salobro na loja Bia confecções e na Secretaria Paroquial.

 Email: rsantoscebi@hotmail.com

 Facebook: Rafael Santos

 Tel e whatsapp: 74 99949- 4499.

 

Soube que já temos novos lançamentos em vista, conte-nos sobre os seus novos projetos literários. 

Rafael Santos - A terceira edição do Menino Negro e o Lançamento de uma história real “A História de Um craque, Nascélio”. O romance “O Filho De Maria” está pronto, mas ainda não tem previsão para publicação.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Rafael Santos. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Rafael Santos - Como vocês viram, esse livro demorou quase trinta anos pra ser publicado e isso só aconteceu porque eu pedi apoio a minha comunidade. Com a ajuda dos comerciantes, cada um apoiando como pode: Cinquenta, cem, esse livro foi publicado, em mutirão. A mensagem que deixo é a seguinte: “ Nunca desista dos seus sonhos, por mais que pareçam difíceis; porque Esperança, Não Mata.” Um abraço! Rafael Santos

 

Divulga Escritor unindo Você ao Mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

divulga@divulgaescritor.com

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor