S. Fair - Entrevistada

S. Fair - Entrevistada

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Nasci em Rio do Sul, uma cidade nas montanhas no sul do Brasil.

Estudei quatro anos teologia e, depois decidi criar uma escola de artes que mantinha diversos cursos técnicos e artísticos, certificados oficialmente pelo Estado. Depois de muitos anos, entrei para o setor de animações em 2 e 3D para TV. Foi uma faze muito feliz e produtiva. Atuei por mais de dois anos numa TV regional, onde lecionava pintura ao vivo. Em 2005 casei e, por falta de tempo para continuar trabalhando com as animações, e não sendo capaz de parar de criar, decidi escrever. Desde então, me dedico a escrever romances e outros livros, por pura necessidade de me expressar.

 

“Descrevo a história de tempo em que Portugal colonizou o Brasil, e a manutenção dos escravos nas fazendas de cana-de-açúcar e café.”

 

Boa Leitura!

 

Escritora S. Fair é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a escrever “Vidas Entrelaçadas”?

S. Fair - A forte energia imperativa de me expressar! Preciso criar e se não posso fazê-lo fico inquieta. Não me faz bem. Tenho uma grande fantasia e necessito dar vida aquilo que concebo em minha imaginação.

 

Quais os principais desafios para construção do enredo que compõe a obra?

S. Fair - Meu método começa em fantasiar, sonhar, imaginar algum enredo, uma história básica. Não tenho desafios, propriamente ditos ou estresses em escrever. Eu preciso de muito tempo. O estresse vem se não tenho tempo para produzir.

Eu começo a construir os assuntos, criar os personagens, elaborar as tramas. Vou escrevendo estes pontos, resenhas e notas para que seja, grosso modo, a coluna vertebral do trabalho futuro. Naturalmente, sempre me surpreendo e, isto acontecia também na pintura que, apresar de ter elaborado uma idéia primaria para o projeto, e quando este projeto começa a ser executado, percebo como as referências anteriores, muitas vezes, até deixam de existir, outros pontos se emancipam buscando outros rumos, outras soluções, outras construções. Parece que quando escrevo, passo a seguir um fio vermelho que surge de outra direção e me ensina como deveria resolver este ou aquele problema, como deveria criar tal e tal situação. Bacana isto!

 

O que veio primeiro o Título ou o enredo?

S. Fair - O enredo. Este livro mudou diversas vezes de nome! Senti dificuldades reais em titulá-lo.

 

O que mais a encanta nesta obra?

S. Fair - Gosto do contexto. Gosto do resultado final. Descrevo a história de tempo em que Portugal colonizou o Brasil, e a manutenção dos escravos nas fazendas de cana-de-açúcar e café. É uma época em que o Brasil recebeu inúmeros imigrantes e todas estas pessoas traziam a vontade de trabalhar para melhorar de vida, ser feliz. Muitos enriqueceram, outros foram abusados, havia gente que acreditava no poder da justiça própria e agir conforme as suas leis pessoais. Neste meio, criaram-se ressentimentos, vinganças foram executadas, amores ganhos, vencidos ou perdidos. A chance do recomeço se faz presente e depende das atitudes e decisões tomadas pelos personagens em vencer ou sair derrotado...

 

Se pudesse resumir “Vidas Entrelaçadas” em duas palavras, quais seriam?

S. Fair - Amor e paixões. Em alemão o título é: “ Amor, Vida e Paixão”.

 

Onde podemos comprar o seu livro?

S. Fair - No Brasil, no link   http://www.easybooks.com.br/literatura-biografias-humor-e-quadrinhos/literatura-brasileira/vidas-entrelacadas/

E na Europa no link   https://www.chiadoeditora.com/livraria/vidas-entrelacadas

 

Soube que temos livro novo no prelo, conte-nos sobre os novos projetos literários.

S. Fair - Correto. Tenho dois esotéricos escritos e traduzidos para a língua alemã e outro romance pronto. O romance também está sendo traduzido. No momento estou escrevendo meu terceiro romance e tenho o quarto planejado (em minha cabeça faz 20 anos!). E mantenho um Blog.

 

Além de “Vida Entrelaçadas” temos outro livro seu sendo traduzido para o alemão, qual o critério utilizado para a escolha do Alemão nas traduções de suas obras?

S. Fair - Sou de cidadania brasileira e alemã. Minha primeira língua foi o alemão. Sou casada com um alemão. Vivo na Espanha (em Alicante tem muitos alemães) e parcialmente na Alemanha. Amo a cultura alemã! Seria a minha escolha natural. Espero que no futuro possa ver minhas obras em outras línguas também.

 

Quais os principais hobbies da escritora S. Fair?

S. Fair - Amo o circuito “forno e fogão”, ouvir música, caminhar fazer alongamento e andar bastante de patins em linha. Faço muita atividade física.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor a escritora S. Fair. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

S. Fair - Que a leitura de meu primeiro romance é muito interessante. É uma historia envolvente, Começando não se deseja parar.

 

Contatos autora:

E-mail - s.fair@livrosideiaslivres.com

Blog – www.livrosideiaslivres.com

Facebook - https://www.facebook.com/SFair-1119300761483419/

 

Agradecida,

S.Fair

 

Divulga Escritor unindo Você ao Mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

divulga@divulgaescritor.com

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor