Saída - por Maria Estela Ximenes

Saída - por Maria Estela Ximenes

SAÍDA

 

Você sabia que embrenhar em um ambiente desconhecido poderia provocar tumulto, ser rejeitado ou  ficar à mercê  de circunstâncias inesperadas, mas ignorou esse tumulto, teimosamente insistiu em invadir.

Fez igual um balão  defeituoso de ar, que enche esplendidamente, alcança voo e de repente explode no espaço.

Enquanto tentava se ambientar você  não se desmanchou porque carrega dentro de  si a leveza de uma pluma, acredita que tudo pode se modificar à  medida  que as partes vão se ajustando. Acreditou que teria o controle da situação e era forte o suficiente para dominar o espaço, mas ninguém é forte ou grande para tanto, somos grãos que precisam ser nutridos. Podemos ser semeados, fortalecidos e dar bons frutos, mas a essência sempre será de um grão, frágil e pequeno. Um dia  esse grão recebe água e se fortalece, no outro, uma tempestade o arrasta e não é raro o grão desfalecer.   

Tem conhecimento de  que as crianças possuem  energias açucaradas -  a vida, o olhar e as intenções das crianças são doces  e tanta  doçura contagia,  mas nem todos adultos possuem a doçura dentro de si.

Sabia que existe rua sem saída,    mesmo assim entrou, percorreu labirintos, reconheceu cenários e até personagens no caminho. Cogitou construir paredes que fortalecessem  o seu eu, ignorando  que quando entrou naquele ambiente os muros já estavam construídos e qualquer   modificação poderia desmoronar os muros existentes.

Consciente de que não conseguiu se ambientar, gradativamente foi disfarçando o pesar, desprezando   justificativas  porque as mesmas desencadeiam tantos tumultos quanto a sua entrada impetuosa naquele  ambiente. Desenvolveu um disfarce revestido de fragilidade que só um olhar sensível é capaz de perceber.

Os pássaros percorrem distâncias,  buscam  alimento e podem  invadir qualquer ambiente, mas você não atingiu o voo dos pássaros ou  se sentiu  nutrido no ambiente  que invadiu.

E o mais frustrante de tudo é que agora você anseia pela liberdade, busca a  saída e não a encontra.

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor