Sapatos vermelhos - por Luiza do Oh

Sapatos vermelhos - por Luiza do Oh

Sapatos vermelhos

De sapatos vermelhos, e olhar de estrela,
espreita cada dia, 
o teatro do tempo 
e atropela as palavras 
numa refracção de instantes 
ao ver a presença no fundo dos meus olhos;
sem ter consciência mínima da vida
a criança de coração grande
caminha no meu (com)passo
perdido no Inverno de noites longas, 
na espera fria. 
Inocente e corajosa 
não sabe que amar é arriscado
e com um sorriso de céu que não murcha
segura na minha mão 
onde desaguam sentidos e emoções
pela alegria e esperança 
que ela me traz.
De sapatos vermelhos e olhar de estrela
adivinha nos seus sonhos
em aguarelas de percepção
a mulher que me faço ser
e caminhamos de mão na mão
de costas para a virtude 
que está no meio.

Luiza do Oh

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor