Sem Natureza - por Bernadete Bruto

Sem Natureza - por Bernadete Bruto

SEM NATUREZA

 

Moro como muitos
num lugar sem chão
Pendurada no ar
Engaiolada!
Recebo noticias
do jornal ou da TV
Meu alimento
vem empacotado
Lacrado!
Meus contatos
são virtuais...
Por isso esse vazio presente
por gente
Por isso
essa incerteza
esse chamado urgente
Para buscar
em algum lugar
Minha natureza!

 

(Poesia do Livro: Um coração que Canta)
 

Bernadete Bruto

www.bernadetebruto.com

 

 

Publicado em 16/03/2014

 

 

 

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor