Sempre Servindo - por Dilson Macedo

Sempre Servindo - por Dilson Macedo
SEMPRE SERVINDO ( Dilson Macedo)
 
 
Para que sejamos felizes, o que precisamos fazer durante a nossa estadia aqui a Terra, sob esse corpo físico?
 
Nem sempre a condução de nossos atos, atitudes e ações podem refletir tudo aquilo que sejamos fiéis em nossos propósitos de vida material.
 
Queremos vida, mas afinal de contas o que é a vida?
 
Nascer, crescer, aprender, aplicar todos os nossos conhecimentos adquiridos de vidas passadas e poder ajustar os nossos "sofrimentos" se assim podemos dizer diante de uma vida que nós mesmos escolhemos e um dia, retornar ao mundo espiritual?
 
Os acontecimentos se sucedem, nem sempre as nossas escolhas são acertadas, falhamos em nossos vistos das orientações espirituais, não ouvimos nosso pais e nem os mais velhos e experientes, acreditamos que somos superiores ao bem ao mal.
 
Nos postamos em cima dos muros da vida e lá colocamos sob lamentações de que não somos felizes, pois falta isso, aquilo e outras coisas mais até fúteis, que achamos que irão preencher os nossos "vazios". Nem sempre achamos que temos a pessoa certa mas sempre pessoa  é a necessári para o nosso ajuste material e espiritual. Ah! Será mesmo? Existe sempre a primeira, segunda, terceira e vamos de escolhas em escolhas, procurando a pessoa certa.  
 
Esperemos e jogamos fora as oportunidades de aprendizado sob a ótica espiritual, afinal de contas foram as nossas escolhas, e somos teimosos, rejeitando os ensinamentos que vamos recebendo e jogando em nosso lixo que mantemos dentro de nossa consciência cósmica.  Todavia, Deus é LUZ, e sempre abre a porta para os aflitos e que precisam de seus conselhos cósmicos que irão aliviar dúvidas, perguntas e indagações que não temos respostas, e que pensamos até, vai aliviar essas dúvidas constantes de vida material.
 
Enfim, um grande amor pode surgir, aponta caminhos, acreditando que juntos poderemos superar todas as adversidades seja de ordem emocional, psíquica e completando aquele pedaço que nos falta para o alivio de nosso interior tão complicado ao ficar diante de outros relacionamentos que nem sempre deixamos claros os nossos propósitos de vida ao nosso ente querido ou querida. Assim, sendo, porque não agora, não procuremos amar de modo mais, ouvindo, aceitando tudo que está sendo nos sendo mostrado pela vontade nossa e mesmo de Deus, pois as pessoas surgem em nossas vidas de modo que possam nos "ligar" ao mundo exterior que não conseguimos sintonizar em nossas ondas mentais.
 
Que tal amar e reduzir nossa carga pesada sob um ombro que já durante muito tempo lutou buscando um aquele outro pedaço de ombro e que na realidade estão sendo oferecidos pela bondade de Deus e de nossos merecimentos.
Muita paz em nossos corações com Jesus.
 
Dilson Macedo
VOLTA REDONDA -RJ
 
 
dmmacedo2000@yahoo.com.br
 
 
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor