Também sou - por Regina Alonso

Também sou - por Regina Alonso

Também sou

 

Querer ter o tempo

é apenas um desejo:

não vou retê-lo só para mim.

O azul há de me inundar

as veias e na pele, manto de estrelas,

cheiro de mirra e  jasmim. 

 

Tuaregues sempre

somos, mesmo sem saber:

em nossa pele tatuados

o dia e o anoitecer. 

 

Na areia, pegadas,

em nossas mãos outras mãos...

pele curtida de sol

calor queimando a fogueira

aquecendo o coração.

 

Tantos somos e ainda somamos

tantos quantos o vento traz...

O deserto é a morada

onde floresce a paz.

 

Paz que não é privilégio

de um, de dois ou de três,

mas que é o sortilégio

de um povo livre entre dunas...

pés descalços,

corpo envolto em panos

simples, na leveza do algodão.

 

Nessa trama de pureza

abrigamos tanto irmão!

 

Publicado em 13/05/2014

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor