Telma Estevão

Telma Estevão

Por Shirley M. Cavalcante (SMC) 

Telma Luísa Simões Estêvão Guerreiro, Portuguesa nascida e residente no Algarve mais precisamente em Silves. Casada, tem uma filha. Fez o Terceiro Curso do 12º ano de escolaridade (Línguas e Humanidades). Formou-se em vários cursos, de formação profissional, tais como: Auxiliar de educação educativa, Animadora juvenil, Administração das organizações, controle de gestão, higiene e segurança no trabalho, comportamentos do consumidor e merchandising. Passou por vários empregos: instituição particular de solidariedade social (Infantário-Instituição amigo dos pequeninos), ACES do Barlavento (centro de saúde de Silves e Armação de Pêra), Alicoop (cooperativa de produtos alimentares do Algarve, c.r.l), trabalha actualmente na N & F (comercio distribuição alimentar). Esta ligada a vários grupos de poesia onde diariamente partilha seu trabalho.

“ se gostam de escrever e têm algo escrito numa gaveta, partilhem, não desistem dos vossos sonhos, pois no meu caso quando comecei a escrever foi por brincadeira e agora não consigo parar. Os tempos estão a mudar, há muitos grupos de poesia a dar-vos a mão na divulgação.”

Boa Leitura!

 

SMC - Escritora Telma Estevão é um prazer tê-la conosco no Projeto Divulga Escritor, conte-nos quando começou a escrever poesias? Como surgiu seu gosto pela escrita?

TELMA ESTEVÃO - O meu contacto mais íntimo com a poesia deu-se há cerca de sensivelmente três anos. A empresa para a qual trabalhava e era accionista entrou em insolvência, fiquei desempregada e com mais disponibilidade.

Foi nesta altura que tudo aconteceu, comecei a ler poesia e a senti-la como nunca tinha sentido, decidi brincar com as palavras e publicar no meu grupo “Palavras” alguns dos meus poemas.

Sempre gostei de histórias, os meus avos contavam-me imensas e eu absorvia todas com muito entusiasmo. Desde cedo comecei a ter gosto pela leitura, principalmente romances. Quando era mais nova gostava de inventar e escrever pequenas peças de teatro com várias personagens.

O meu gosto pela escrita surge sempre que tenho necessidade de me exprimir, de transmitir o que vagueia na minha alma, gosto de partilhar sentimentos e fantasias. Quando me apaixonei verdadeiramente pela poesia nunca mais consegui parar de escrever. Para mim a escrita funciona como uma terapia, um balsamo para a alma.

 

SMC - Em que momento decidiu publicar seu primeiro livro? Como foi o momento em que esteve com seu primeiro livro em mãos?

TELMA ESTEVÃO - Foi tudo muito rápido. Todos os dias escrevia um poema e partilhava no meu mural e no meu grupo”Palavras”.

Os meus poemas começaram a receber vários elogios, alguns membros do grupo começaram a incentivar-me, assim como a minha família, para publicar um livro. Pesquisei algumas editoras, para as quais enviei os poemas. Acabei por escolher a editora Lua de Marfim para me ajudar nesta nova etapa da minha vida e assim publiquei o primeiro livro. Quando toquei pela primeira vez neste livro, senti um grande orgulho no meu trabalho, foi um sonho concretizado que foi recompensado com a sua publicação. Muitas pessoas quiseram adquirir o livro e fico muito contente com o facto de saber que as minhas palavras conseguiram despertar muitas emoções nos leitores.

 

SMC  - Quais são as suas referências literárias? Que autores influenciaram em sua formação como escritora?

TELMA ESTEVÃO - Há livros que me continuam a assinalar e a deliciar: Citações e pensamentos de Florbela Espanca ”Ama-se quem se ama e não quem se quer amar” 
O livro do Desassossego de Fernando pessoa e o Diário Inédito de Virgílio Ferreira, entre outros. Poemas marcantes: “Eu…”de Florbela Espanca e “Pedra Filosofal” de António Gedeão.

Tenho poetas que me marcam de uma forma acentuada e quase diária, tais como Florbela Espanca, Fernando pessoa, Pablo Neruda, Clarice Lispector, Virgilio Ferreira entre outros, mas gosto de variadas leituras como por exemplo José Rodrigues dos Santos, Dan Brown, José Luís Peixoto. A leitura estimula-me e tudo o que leio de uma maneira ou outra influencia-me, leio para aprender.

 

SMC - Você hoje tem dois livros publicados “Palavras” e “O respirar da alma”, ambos de poesia, quais os temas que você aborda através de suas poesias em seus livros?

TELMA ESTEVÃO - Na minha poesia há um fio condutor que é o afago, o corpo, a alma, o amor, o meu eu, os meus silêncios, as minhas saudades, ternura, perda, dor e alguma sensualidade. Escrevo os meus sonhos, sou o eco das vossas alegrias, tristezas, amores, tudo o que escrevo tem alguma ficção mas também tem reflexos de mim, do que sinto e do que sou.

Os meus livros falam sempre do amor, apesar de muitos acharem que este tema está gasto, eu discordo pois o amor envolve muitos sentimentos e muitas formas de o viver, sentir e falar nele.

Muitas das vezes, quando preciso de alguma força escrevo e despejo emoções para a folha. Gosto de escrever poesia livre e de usar metáforas para embelezar o que sinto, escrevo numa linguagem simples, qualquer um se pode envolver no mundo do sonho e fantasia e identificar-se em muitos dos meus poemas ou sentir como suas as emoções transmitidas.

Espero que os meus livros tenham o poder de vos fazer gostar um pouco de poesia. É um livro de afetos com ritmo e alguma musicalidade.

 

SMC - De que forma você, hoje, divulga o seu trabalho?

TELMA ESTEVÃO - O meu trabalho é divulgado através do meu grupo de poesia no facebook “Palavras” do qual sou administradora em que actualmente tem cerca de 2.100 membros e em mais outros 30 grupos dos quais sou membro activo. É nestes grupos de poesia que divulgo diariamente o meu trabalho.

O meu trabalho é também divulgado em varias rádios, na rádio do Horizontes da poesia, na the young fm e ainda através de um jornal regional “Terra Ruiva”.     

                        

SMC - Escritora Telma, soube que esta vindo um novo livro, já temos um título? Conte-nos quais seus novos projetos como escritora?

TELMA ESTEVÃO - Pretendo editar no ano de 2014 o terceiro livro de poesia, que terá como titulo: ”Sob este céu azul, esta distância “.

Estou a pensar abraçar seriamente o desafio de escrever um romance, feito pelo meu editor. 

 

SMC - Onde podemos comprar os seus livros?

TELMA ESTEVÃO - O primeiro livro está disponível na editora lua de marfim e o segundo na Arandis editora. Para a aquisição dos mesmos poderão também contactar-me através do meu email telmag788@gmail.com

 

SMC - Você criou o Grupo Palavras no Facebook, como foi que surgiu a ideia de criar um grupo Literário? Quem pode participar?

TELMA ESTEVÃO - Ideia de criar um grupo literário surgiu no momento que tive necessidade de escrever e dar a conhecer o que escrevia. Senti necessidade de formar um grupo em que a poesia fosse a literatura predominante.

Este grupo é público, portanto quem quiser fazer parte do mesmo, pode juntar-se a nós e enriquecer-nos com as suas poesias. Qualquer membro pode partilhar qualquer tipo de literatura, criticar comentar ou simplesmente por um  “gosto”.

 

SMC - Quais os principais projetos/objetivos do Grupo “Palavras”?

TELMA ESTEVÃO - O principal objectivo deste grupo é divulgar poesia para que todos aqueles que gostam de ler ou escrever, possam ter acesso a um espaço para partilhar ou dar as suas opiniões. Deste modo, é possível em conjunto, todos evoluirmos perante críticas construtivas, continuarmos sempre a melhorar a nossa poesia e para os outros que apenas passam por este grupo para dar uma vista de olhos, espero que continuem a gostar do que lêem.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

TELMA ESTEVÃO - As melhorias para o mercado literário sem dúvida serão a divulgação dos poetas e dos autores, através das rádios, dos grupos de poesia, intercâmbio entre países, tertúlias, convívios.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no Projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor a escritora Telma Estevão, que mensagem você deixa para nossos leitores?

TELMA ESTEVÃO - Deixo aqui uma mensagem a todos os amantes da escrita, se gostam de escrever e têm algo escrito numa gaveta, partilhem, não desistem dos vossos sonhos, pois no meu caso quando comecei a escrever foi por brincadeira e agora não consigo parar. Os tempos estão a mudar, há muitos grupos de poesia a dar-vos a mão na divulgação.

 

     Participe do projeto Divulga Escritor

      https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor