Teresa Gonçalves

Teresa Gonçalves

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

Teresa Gonçalves nasceu na cidade do Porto, freguesia de Mira-Gaia- Portugal. A sua infância e parte da sua juventude foi passada em S. Mamede Infesta onde viveu até aos dezoito anos. Em 1970  foi viver para Moçambique donde voltou em Outubro de 1974. No ano de 1975 foi para o México, regressando no final do mesmo ano. Vive na cidade da Maia desde 1982.

“Acredito que existe um cordão que une todos os seres ao Universo. Um cordão invisível aos olhos da matéria, contudo, visível no sentir, na energia transmissível do pensamento e dos atos. Acredito nas leis Universais do retorno e compensação. A humanidade deveria estar mais atenta aos sinais da Natureza. “

Boa Leitura!

 

SMC - Prezada escritora Teresa Gonçalves, para nós é um prazer contar com a sua participação no projeto Divulga Escritor. Conte-nos como teve inicio seu gosto pela escrita? Em que momento decidiu publicar seu primeiro livro?

Teresa Gonçalves - Comecei a escrever muito cedo. Gostava muito de ler e fui incentivada pela minha professora primária D.Cecília. Com 8 anos li « As Pupilas do Sr. Reitor» do Júlio Dinís. Guardo essa grata recordação, pois, em minha casa não existiam livros e esse foi-me emprestado por ela. O primeiro dos muitos que li. O gosto pela escrita iniciou-se por essa altura, porém, não foi possível dar seguimento ao que eu mais gostava de fazer: escrever. Devido às dificuldades financeiras fui obrigada a deixar de estudar para ajudar a minha mãe, viúva, com três filhos para criar. Frequentei o 5º ano do Liceu e fiquei por aí.

Nunca pensei em publicar. Dizia a brincar, quando alguém me perguntava, que os meus escritos seriam publicados a título póstumo. A oportunidade surgiu num dia em que fui convidada a dizer poesia na Junta de Freguesia de Paranhos ( cidade do Porto). O Dr. Júlio Couto ouviu e interessou-se pelos meus escritos. Começou a divulgar a minha poesia através da declamação na Rádio Lidador ( Maia) e um editor procurou saber quem eu era e fez-me a proposta para a edição do meu primeiro livro « Olhar Interior».

 

SMC - Como surgiu a ideia de escrever seu livro “Painel Multicor”? Ao iniciar a escrita você já tinha planos para publicar o volume I e Volume II ou a necessidade surgiu no decorrer da escrita do primeiro volume?

Teresa Gonçalves - Sinceramente não! Não tinha. Ao longo dos anos fui guardando em pastas tudo o que escrevia.  Após ter sido editado (com sucesso) o primeiro livro a mesma editora procurou saber se eu tinha mais obra o que deu origem ao «Painel Multicor» . Era para ter sido um só livro de poesia e prosa. Devido ao volume de páginas foi dividido. Não ouve um plano antecipado. Na década de 90 a convite do diretor do Jornal da Maia, comecei a publicar artigos e poesia  no jornal.

 

SMC - Que temas abordas em seu livro de contos “Vidas em Fragmentos”?

Teresa Gonçalves - Várias histórias de vida inspiradas em factos verídicos. Alterei os nomes das personagens com conhecimento e autorização das mesmas. Cruzei quase todas as histórias excepto quatro que fazem parte do mesmo livro. Essas ficaram em contos individuais. Assim, o enredo do primeiro conto tornava-se mais misterioso e cativava o interesse do leitor para seguir a leitura do livro até ao fim.

 

SMC - Que temas você aborda em seus livros de poesias? O que mais lhe inspira a escrever sobre estes temas?

Teresa Gonçalves - A minha grande inspiração é a natureza. Seja a natureza mãe, seja a humana e também, a realidade e o sonho. Preocupa-me os problemas ambientais e sociais. Quando escrevo sobre o sonho, é como eu gostava que o mundo e a vida fossem . Iguais ao mundo onírico. Sem maldade e egoísmos. A poesia tem de me sair espontânea de dentro da alma. Um poema sem alma é como uma casa sem tecto. Não consigo fazer poesia por encomenda.

 

SMC - Qual o público que você pretende atingir com o seu trabalho? Que mensagem você quer transmitir para as pessoas?

Teresa Gonçalves - Todo o público mas se for jovem, sinto-me mais feliz. Estimular a juventude à leitura e à escrita. Sempre que me é possível aceito os convites das escolas para falar sobre poesia e dizer. Muitos são os que se oferecem para a ler o que para mim, é gratificante.  Acredito que existe um cordão que une todos os seres ao Universo. Um cordão invisível aos olhos da matéria, contudo, visível no sentir, na energia transmissível do pensamento e dos atos. Acredito nas leis Universais do retorno e compensação. A humanidade deveria estar mais atenta aos sinais da Natureza.

 

SMC - Onde podemos comprar seus livros?

Teresa Gonçalves - Livrarias Apolo Setenta( Lisboa) Unicep ( Porto ), livrarias on line Bertrand,  Wook Porto Editora e no sitio – loja da edium.

 

SMC - Quais seus próximos projetos literários?

Teresa Gonçalves - Tenho em mãos um romance, um conto infantil e um livro de poesia. O romance baseia-se no percurso de vida de uma jovem estagiária em arquitetura sendo uma trama de amor e suspense. Prevejo o seu lançamento durante o próximo ano. No conto infantil quis transmitir valores hoje considerados fora de uso ou de menor importância. Fui contactada por mais um editor para a sua edição.  Como não possuo referências credíveis da editora, recusei. Prefiro esperar outra oportunidade. Não tenho pressa, até porque a situação financeira dos portugueses está péssima. Com a crise econômica têm prioridades.  O livro de poesia é a  expressão das várias formas do amor e não tenho data prevista para o nascimento deste  filho do espírito.

 

SMC - Quem é a escritora Teresa Gonçalves? Quais seus principais hobbies?

Teresa Gonçalves - Acima de tudo, sou uma mulher, mãe, amiga dos meus amigos, que amo exprimir no papel  os sentimentos que me rodeiam e sinto profundamente. Na minha simplicidade, valorizo a amizade, a lealdade, a generosidade,  a franqueza e o dar-mo-nos respeitosamente. Os meus hobbies são a jardinagem, leitura e a divulgação da poesia de vários autores.

 

SMC - Quais as melhorias que você citaria para o mercado literário em Portugal?

Teresa Gonçalves - Mais apoio aos autores pouco conhecidos, através da comunicação social (rádio, televisão, etc.), Câmaras  Municipais e Juntas de Freguesias e Organismos Oficiais.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor a escritora Teresa Gonçalves, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Teresa Gonçalves - A mensagem que deixo para os leitores é a mesma que tenho no meu livro  Pleno Verbo: « A escada da vida não tem corrimão mas, em cada degrau, existe um livro onde te podes apoiar».

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor