Tony Fonseca - Entrevistado

Tony Fonseca - Entrevistado

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

O autor residiu na Califórnia, USA, onde  se formou e aprimorou sua tese em ensino de inglês dinâmico, mas nas horas vagas aprimorou-se tecnicamente  e veio a ser um dos principais “shapers”   (escultor de pranchas de surf) lá em Los Angeles, tendo fabricado milhares de pranchas, dentre as quais, algumas consideradas até hoje as pioneiras do país, sendo quinze delas fazendo parte, até hoje do “Museu do surf de Cabo surf”, de propriedade do colecionador Temo Moraes. Formado em Jornalismo e Letras, atualmente o escritor se dedica à literatura e à edição de jornais e apresenta um programa de TV em Cabo frio, mas, até hoje é lembrado como um dos principais pioneiros da fabricação de  pranchas de surf do Brasil.

 

“Por fim, por ser em poesia, absolutamente metrificada e rimada, a história tem sempre sido bem assimilada pelos pequenos leitores.”

 

Boa Leitura!

 

Divulga Escritor - Escritor Tony Fonseca é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos sobre sua trilogia de livros infantis, que temas serão abordados em cada obra?

Tony Fonseca - Os títulos de minha trilogia são “O sonho de Chuvisquinho”, uma narração, em versos, sobre a psicopatia que minha filha mais nova adquiriu, causando-lhe um temor enorme ao presenciar mudanças climáticas (chuvas e trovoadas), de que ela é curada após “o sonho” no decorrer do primeiro livro.

 

Divulga Escritor - O primeiro livro publicado foi “O Sonho de Chuvisquinho” qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através do enredo que compõe esta obra?

Tony Fonseca - Endereçado à faixa etária de oito anos, “ O Sonho de Chuvisquinho” trata da emblemática situação da aceitação das coisas naturais, como tempestades, chuvas e trovoadas, apresentando às criancinhas de oito anos a opção de cuidado e aceitação das coisas “que Deus do céu quis fazer” , tendo até então logrado muito êxito, inclusive, “salvando” a minha própria filha de cinco anos.

 

Divulga Escritor - Como foi a escolha do Título?

Tony Fonseca - Deveu-se ao apelido que minha filha caçula recebeu de “Chuvisquinho” por ter sempre usado os cabelos numa espécie de “rabo de cavalo” para o alto da cabecinha por ter os cabelos ralinhos e, por isso, lembrar um “chuvisquinho”, espécie de doce de ovos muito comum em Campos dos Goitacazes, uma cidade vizinha que visitávamos a miúde no Rio de Janeiro

 

Divulga Escritor - O que mais o encanta em “O Sonho de Chuvisquinho”?

Tony Fonseca - O que mais me encanta no “Sonho de Chuvisquinho” com certeza, é a conotação lúdica da história e a metodologia educacional, sempre ressaltando que se deve controlar a apreensão e nunca eliminá-la, pois trânsito, cachorros ferozes e afins, por não serem naturais, hão de  sempre exigir cuidados para que não nos possam prejudicar. Passa-se a ideia básica que a “coragem é a lapidação do temor, não sua eliminação definitiva”. Por fim, por ser em poesia, absolutamente metrificada e rimada, a história tem sempre sido bem assimilada pelos pequenos leitores.

 

Divulga Escritor - Como fazer para adquirir os livros?

Tony Fonseca - Temos, inclusive, procurado empresas e/ou pessoas que se interessem em representar nossa trilogia: O sonho de Chuvisqinho,   Chuvisquinho e a bomba atômica   e   Chuvisquinho e o Cometa Xereta, este contando com comentários técnicos do Prof Dr Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, na minha opinião o maior astrônomo do planeta, que transformou meu livro numa aula primorosa de astronomia para a faixa etária de doze anos. Mas os três já estão disponíveis para escolas, livrarias e leitores, de um modo geral. Equanto isso, as pessoas podem fazer uso de nossos telefones e endereços que teremos o prazer de atende-los em qualquer parte.

 

Divulga Escritor - Qual a previsão para o lançamento dos dois outros livros que compõem a trilogia?

Tony Fonseca - Os três livrinhos da Chuvisquinho foram compostos ao mesmo tempo, na década de 1980. Têm o mesmo formato, a mesma quantidade de poemas, são em redondilhas maiores e menores, são ilustrados em nanquim, para que as crianças os possam colorir, e são apresentados com três diferentes cores de capa: azul, vermelho e preto, respectivamente.

 

Divulga Escritor - Escritor Tony Fonseca, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor “O Sonho de Chuvisquinho”. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Tony Fonseca - A mensagem, que aliás não é minha mas da “menina Chuvisquinho são as ultimas palavras dos últimos versos de cada livrinho   “FAZER A PAZ É POSSÍVEL” e, finalmente nosso apelo de marketing que nos acompanha nesses cerca de trinta e cinco anos de livrarias:  “LEIA O LIVRO.  CONHEÇA A HISTÓRIA. APAIXONE-SE”  Se você ler o livro e conhecer a história duvidamos que não se apaixone!   Muito obrigado pela oportunidade!

Entre em contato com o autor e adquira seu livro através dos contatos: tony.aero@yahoo.com.br   /   Tels 22 2643 8534  /   99902 0945   e  99244 6262, em Cabo Frio

 

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor