Ueldison Alves de Azevedo - Entrevistado

Ueldison Alves de Azevedo - Entrevistado

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)

 

Ueldison Alves de Azevedo, professor, historiador e escritor, reside em Guarulhos, casado com Simone Maria Bento Azevedo, pai de Laura Sophia Bento Azevedo. Nascido em São Paulo no dia 22 de janeiro 1988, filho de José Luiz de Azevedo e Maria Edleusa Alves de Azevedo, irmão de Weslley Alves de Azevedo e Aline Alves de Azevedo. Vida na docência começou em 2015 e depois de anos de Estudos por conta própria em 2016 (já próximo terminar faculdade) resolveu escrever o livro apontando suas analises perante a sociedade através da história, filosofia, sociologia e outras disciplinas.

 

“E o livro é exatamente o que sou, analítico, critico e filosófico, são anos de estudos que formam o ser integro naquilo que pensa e na sua existência.”

 

Boa Leitura!

 

Escritor Ueldison Alves de Azevedo é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor, conte-nos o que mais o encanta na arte literária?

Ueldison Azevedo - A diversidade de interpretações, onde cada ser é livre para imaginar o cenário os personagens dentro do contexto literário. Desde dos gregos o texto é simplesmente um texto até se tornar simbólico e sagrado para aquele que está acompanhando do lado de fora, uma peça de teatro por exemplo. Isso é mágico, a literatura seja ela empírica\factual ou simplesmente um conto folclórico, ela sempre desperta a imaginação de quem lê ou de quem assiste uma peça seja lá qual for.

 

Em que momento pensou em escrever o seu livro “A Sua História que ninguém contou!”?

Ueldison Azevedo - Sempre tive vontade de escrever algo que transmitisse minhas ideias e unindo a história dos acontecimentos com as mitologias que tanto estudo, e realizei várias análises da sociedade nas quais aponto como experiências vividas e pesquisas paralelas, conversando com várias pessoas, incluindo meus parentes e amigos, teve um momento que uma amiga minha perguntou se eu estava fazendo comparação da vida dela com a mitologia grega, respondi que sim. Nossa conversa foi sobre questões do sentimento dela para com outra pessoa e como muitas pessoas ela tinha uma ideia de amor dependente, com isso cheguei a conclusão que a humanidade está muito carente de si próprio e decidir escrever o livro traçando esses pontos.

 

Quais os principais desafios para construção do enredo que compõe a obra?

Ueldison Azevedo - O desafio até como professor aqui falando, é como você vai transmitir algo tão complexo de uma linguagem tão complexa e converter ou transformar numa linguagem que todos entendam sua transmissão e o que quer passar. E me vi não escrevendo na terceira pessoa mas sim na primeira pessoa como se o leitor entrasse em dialogo com o livro e comigo. Assim ele entenderá meus pontos de vista de forma critica e exemplificada em pontos históricos, sociológicos e filosóficos. E está muito longe de ser autoajuda, que aliás nunca me dediquei a escrever um livro de autoajuda, pois uso vários momentos e situações para analisar, refletir e falar.

 

Desde o inicio da escrita sabia que se tratava de uma série? Conte-nos em quantos volumes a série está dividida e de que forma está sendo apresentado o enredo em cada uma delas?

Ueldison Azevedo - Sim. Decidi escrever nessa coleção anos de estudos e pesquisas que faço e além de falar aquilo que penso e não almejo que as pessoas concordem sempre com minhas ideias, pois isso que é o bacana dentro de uma literatura, as pessoas não concordam e instiga a pesquisar mais e criar suas próprias identidades intelectual e essencial. E o livro é exatamente o que sou, analítico, critico e filosófico, são anos de estudos que formam o ser integro naquilo que pensa e na sua existência. O volume dois que estou escrevendo, ele já é mais voltado para o extremismo que o mundo vive, não existe mais aquele ter aquilo que invejo dele e sim quero ter o que ele tem e não quero mais que o ele exista, isso é extremismo dentro de um complexo narcisista.

 

A quem você indica leitura do livro?

Ueldison Azevedo - Aos Historiadores, Sociólogos, Filósofos, aos leigos na literatura, aos críticos que leem nos mínimos detalhes e por fim a sociedade em geral.

 

Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através do enredo que compõe a obra?

Ueldison Azevedo - Nossa sociedade vive dentro de uma depressão incrível, a culpa não é da tecnologia, porque nós criamos a tecnologia e a manipulamos, a culpa não é de Deus, porque usamos dele para diminuir a nossa dor de consciência em atos nossos, durante toda a história da humanidade tivemos conflitos sociais, problemas do individual do ser, mas chegamos numa era que vivemos numa insegurança tão grande que nem a própria crença suporta a solidão que nós mesmos cavamos. Creio que na próxima geração se as pessoas ainda souberem o que é felicidade, continuará a pegar filosofias e história dos antigos porque quando encontrarem a nossa história poderemos ser descartados aos ventos, por sermos internamente fracos.

 

Onde podemos comprar o seu livro?

Ueldison Azevedo - Clube de autores:

https://www.clubedeautores.com.br/book/224240--A_Sua_Historia?topic=geografiaehistoria#.WIETVlMrLIV

(Livro fisico e PDF)

Google Play e Itunes.

https://www.amazon.com/

(Livro Fisico e PDF)

http://www.saraiva.com.br/ (PDF)

 

Qual o tipo de textos que gostas de ler?

Ueldison Azevedo - Histórico e estória, político, psicologia, metafísica, filosofia, sociologia, ficção, astronomia 

 

O que mais a encanta na leitura destes tipos de textos?

Ueldison Azevedo - Bom, a história não tem como não fascinar porque é um desenrolar da humanidade desde 3 milhões de anos para cá, apesar que sempre tenho comigo que é um desperdício falarmos que a história só começou a se desenvolver das primeiras escritas para cá, creio que desde o big bang a história de tudo já começa (fascinante), como falamos de evolução, engloba política desde dos egípcios, gregos, romanos e por ai vai, a evolução da mente que advêm com a criação da metafísica e filosofia, mais a frente sociologia, a inteligência de interpretar as estrelas para navegações por exemplo, construir templos magníficos guiadas pela astronomia e isso é cativante e imaginativa me faz mergulhar dentro desse mundo história.

 

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Ueldison Alves de Azevedo. Agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Ueldison Azevedo - Sou escritor de primeira viagem para me aventurar em mais tantas outras viagens, depois que lancei o primeiro livro, muitas pessoas perguntam se não tenho vergonha de mostrar que eu sou, minha resposta é simplesmente não. Por que da tal pergunta? Porque as pessoas tem medo de escrever e lançar um livro e a sociedade não aceitar e nesse momento paro e reflito, ninguém sonha por você, ninguém anda por você, ninguém faz por você e nós não nascemos para viver para o outro, a vida do outro, vivemos a nossa vida, busque o seu sonho, vá atrás do teu objetivo, faça valer a pena sua visita aqui na terra, vá em busca do que você acredita: O Sol está a 4,5 bilhões de anos iluminando a todos, e quando vai amanhecer ele não sabe o que encontrará e mesmo assim continua a iluminar.

 

 

Divulga Escritor, unindo Você ao Mundo através da Literatura

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

Contato: divulga@divulgaescritor.com

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor