Um dia muito lindo - por Marta Maria Niemeyer

Um dia muito lindo - por Marta Maria Niemeyer

 

CRÔNICA .  Um dia muito lindo, domingo de sol brilhando, peles douradas, bronzeadas algumas tão vermelhas quanto tomate maduros. Fim de tarde as luzes do dia ainda acesas, termina a missa das dezesseis horas na igreja Santo Afonso. Marta  e sua filha Aline no pátio da mesma aguardam a amiga sair para cumprimentá-la, uma vez que, não puderam se ver lá dentro. Quando chegaram a igreja já estava cheia . Enquanto isso outras amigas vinham chegando. Fátima chegou um pouco mais tarde. Todas  conversando num papo muito agradável. Outro grupo de amigas foi chegando aos poucos. A primeira disse : - Fátima me dá uma carona? Ela respondeu: - Dou sim. Chegou a segunda e perguntou: - Fátima me dá uma carona? Ela respondeu : - Dou sim. Chegou a terceira acompanhada de mais duas pessoas perguntou também: - Fátima me dá uma carona? Ela respondeu: - Dou sim. Marta e Aline não necessitavam carona, pois estavam próximo de seus domicílios. Saíram dali morrendo de rir e comentando entre elas. Será que a Fátima vai ter que alugar um ônibus?  

 Marta Maria Niemeyer

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor