Um Soneto sobre o Balão do Amor - por Carlos Vargas

Um Soneto sobre o Balão do Amor - por Carlos Vargas

UM SONETO SOBRE O BALÃO DO AMOR

Carlos Vargas

 

O Balão é um símbolo importante da alegria das Festas Juninas. Tradicionalmente, quem via o balão, sabia que a festa iria começar. O amor não existe apenas nas festas, mas, como poeta, quis usar essa imagem para homenagear minha esposa, Adineia Vargas.

Para minha surpresa, o soneto foi escolhido para compor o Livro de Ouro da Poesia Brasileira Contemporânea - Edição Especial 2014. Finalmente, o trabalho foi escolhido entre as obras mais lidas do últimos dias pela da Câmara Brasileira de Jovens Escritores (http://www.camarabrasileira.com/), merecendo ser citada nesta coluna do Projeto Divulga Escritor:

O BALÃO DO AMOR


“Soltei um balão,
Subiu até o céu,
Levado pela canção,
Caiu aquele véu.

Você foi a impulsão,
E também me deu gás,
Levou-me pela mão,
Deixou-me sem ar.

Parecia um vulcão,
Tudo foi para cima,
Nas lavas da paixão.

Além do horizonte,
Esse amor pode voar,
Acima de todo monte.”

 

Referências:

VARGAS, Carlos. O Balão do Amor. In: MARTINS, Luiz C. (org.). Livro de Ouro da Poesia Brasileira Contemporânea - Edição Especial - Agosto de 2014. Rio de Janeiro: CBJE, 2014. Disponível em: http://www.camarabrasileira.com/lop14-016.htm

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor