Um Sonho Possível - por Lilian Lopes Fernandes

Um Sonho Possível - por Lilian Lopes Fernandes

UM SONHO POSSÍVEL

 

Quantos sonhos nós sonhamos durante toda nossa vida? Muitos, não é mesmo?

Alguns sonhos são tão importantes que deixam de ser sonhos e passam a ser objetivos de vida, os quais nós perseguimos e almejamos alcançar, buscamos meios e chegamos lá! E quão maravilhoso é a realização de um sonho!

Há sonhos, porém, que são tão singelos, simples mesmo, que passam a ser vistos por nós como pequenas metas, conceitos eu diria: pequenos passos que precisamos dar antes de realizar um grande sonho. A estes atribuímos pouca importância, às vezes nem percebemos quando o estamos realizando... mas também são realizáveis.

Mas existem aqueles sonhos que são, aos nossos próprios olhos, impossíveis de serem realizados, não é mesmo?

Quem nunca teve um sonho que o levou a rir de si mesmo ou quem sabe até mesmo de chorar, considerando-o algo impossível? Uma meta inatingível, um bem inacessível, uma música inaudível...

Pois é, todos nós temos algum sonho, pelo menos um, que nos parece impossível...

Eu disse nos parece, pois ainda que seja realmente assim, “Não haverá impossíveis para Deus” (Marcos 10:27) e “agindo Deus, quem impedirá? (Isaías 43:13)”

Normalmente não sabemos nem explicar porque temos tais sonhos, mas ainda que quiséssemos não tê-los não conseguimos. Eles nos penetram como uma flecha certeira bem no alvo e nosso coração pulsa mais rápido só de pensar... Quem sabe a explicação seja “porque esses são sonhos de Deus para nós?”.

Existiu um jovem que com apenas 17 anos teve um sonho desses. Um sonho absurdo, impossível de ser realizado. Em sua inexperiência jovial ele confiou o sonho a seu pai e seus irmãos e esses não lhe deram atenção, zombaram dele e lhe deram desprezo. No entanto, esse jovem era o predileto de seu pai (ou o “queridinho” como dizemos hoje), o qual lhe tratava de maneira especial. Seus irmãos lhe tinham inveja e tentaram lhe matar por causa disso. Um dos irmãos, no entanto, temendo pelo sangue do próprio irmão em suas mãos convenceu os demais a “apenas” jogarem o jovem no fundo de um poço e deixa-lo a própria sorte, tendo como esperança apenas a morte naquele momento. Ao pai disseram que o irmão mais novo fora morto, dilacerando seu coração...

O jovem entretanto, não morreu. Saiu do poço, mas não para voltar à sua casa e sim para ser escravo em uma terra estranha. Seu destino estava traçado e seu único projeto de vida agora era Viver! Seus sonhos foram enterrados no fundo daquele poço junto com a inveja e a ira de seus irmãos, restando-lhe apenas o ar para respirar.

Será mesmo?

Esse jovem era José, o maior governador que o Egito já teve, com uma história belíssima de vida e governo que o mundo todo conhece, seja pelas escrituras Sagradas ou pelos registros formais da história mundial.

José foi o melhor escravo que poderia ser porque sua condição de escravo não vinha antes de sua condição de ser “humano”, cujos princípios e valores estavam acima de qualquer situação contrária. Sua história passa por humilhação, calúnia, difamação, solidão e sofrimento. Mas... e sempre tem um mas... José fora lembrado no tempo de sua aflição por sua postura digna e justamente pela característica que tinha de desvendar os sonhos.

Um sonhador é assim: ele sonha e ele decifra os sonhos... é íntegro, capaz de perseverar em sua angústia crendo naquilo que um dia ele sonhou. E mesmo quando tudo e todos lhes são contrários, ele realiza seus sonhos e continua da mesma forma íntegro e humilde. Sabe por quê? Porque são os sonhos de Deus para ele!!!

Assim devemos ser nós! Acreditar que nossos sonhos podem ser sonhos de Deus para nós e aguardar no Senhor, com perseverança e integridade, o que Ele nos reservou. Seus caminhos são mais altos que os nossos. Seu tempo diferente. Seus sonhos são infinitamente melhores do que aquilo que pedimos ou pensamos.

Creia somente! Persevere! Mantenha a integridade e continue a sonhar, pois “para Deus não haverá impossíveis!”

(Is. 43:13)

 

VOCÊ ENCONTRA A HISTÓRIA COMPLETA E REAL DE JOSÉ DO EGITO NA BÍBLIA SAGRADA, NO LIVRO DE GÊNESIS A PARTIR DO CAPÍTULO 37, ATÉ O CAPÍTULO 50. CONFIRA!

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor