Uma carta de amor - por Tábata Baker

Uma carta de amor - por Tábata Baker

Por Tábata Baker

Mesmo que se fale o contrário,

a verdade é que a grande maioria

gosta de receber uma carta de amor.

 

Sim,

são elas um tanto ridículas.

Uma tentativa enlouquecida

de transpor em palavras

o que só é possível sentir.

 

Não se explica

Não se compara

Não se limita

Não se prova

 

Amor,

Palavra abstrata, já que a gramática assim a classifica.

Sentimento capaz de preencher um coração vazio

com gigantescas possibilidades de durar a eternidade.

 

Já que ele "o amor" é tão inexplicável e

inesgotável, permanecerei tentando

explicar o que só se pode sentir

sem que nunca se esgotem os sinônimos.

 

Transformarei as palavras em declarações.

Declarações essas que são formas concretas

do mais abstrato dos sentimentos.

 

Publicado em 18/01/2014

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor