Uma luz acesa - por Ione Kadlec

Uma luz acesa - por Ione Kadlec

Acesa!
Uma luz acesa.
Apenas, uma pequena luz acesa.
Oriunda de uma nova vela.
Adornando-se com grossos pingos de cera.
Majestoso este pequeno lume altivo com poder que incendeia.
Apoiada em um pires gasto, a banhar-se pelo fino brilho das estrelas.
Chuva fina, tipicamente, jovenzinha e franzina acompanha o bruxulear.
Pequenina ilumina, todas as noites, o seu mundo a girar.
Brinca com as paredes, monta desenhos, sombras e figuras.  
Um susto, um sorriso, um leve assoprar. Lá está ela a tremular.
Mas não se enganem, pois se agiganta, clareando cantos.
Passa o tempo, lá está ela a se apagar.
Trepida pra lá, treme para cá, resistindo até no pires se deitar.
O tempo passou. Acabou! Não se levanta mais.
Em seu lugar; nova vela a colocar.
Outra, a começar. Novos desejos a piscar
Acesa! Outra luz acesa.
Assim como nós.

 

Publicado em 22/05/2014

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor